8 dicas para aproveitar ao máximo um evento de startup

A publicidade diz que o evento contará com maior número de investidores da região e vários empreendedores top que acabaram de voltar do Vale do Silício. Você sai de casa com o pitch decorado, cartões no bolso e pronto para vender sua ideia e colher feedbacks.

O ambiente está preparado para isso; comida e bebida não faltam, mesas e cadeiras estão distribuídas pelo salão. Você chega, encontra seu amigo de longa data e começa a colocar o papo em dia. Mais amigos vão chegando e você decide pegar uma mesa para garantir um pouco mais de conforto para todos. Agora ficou mais fácil para pedir mais comida e bebida. O tempo passa rápido, a conversa é boa e quando se dá conta já é hora de enfrentar a fila, pagar e voltar para casa.

E o pitch? E a conversa com investidores? E os feedbacks? A conversa com seus bons amigos estava tão agradável que você esqueceu dos investidores e de expandir seu networking com os outros empreendedores.

Essa história parece familiar? Você não está sozinho meu amigo. Confesso que isso já aconteceu comigo algumas vezes. Eu tive que mudar meu comportamento para conseguir tirar o melhor dos eventos.

Nesse post compartilho as 8 dicas que me ajudaram a ser mais produtivo e eficiente nos eventos de startup.

 

Não fique sentado

Chegou do trabalho, está muito cansado, quer sentar para descansar e tomar uma bebida, certo? Errado, não faça isso! Sentado numa mesa você fica com uma postura totalmente defensiva e afasta as pessoas. O máximo que conseguirá é conversar com as outras três pessoas da sua mesa. Para piorar, as mesas geralmente ficam no canto do salão, deixando você ainda mais isolado do turbilhão que está acontecendo no centro. Levante-se e vá para onde as coisas estão acontecendo!

 

Não converse com seus amigos

Você sai de casa, ou do trabalho, para um evento cheio de pessoas interessantes para ficar conversando com seus amigos que encontra todos os dias? Por favor, aproveite melhor seu tempo, não faça isso.

Se for  com amigos, faça um acordo de não se falarem durante todo o evento. Será sua melhor decisão.

 

Movimente-se

Seu objetivo no evento é conhecer novas pessoas e ampliar seu networking, portanto agora que você já está de pé, movimente-se. Evite ficar conversando com as mesmas pessoas. Saia da sua segunda zona de conforto e transite por todas as rodinhas de bate-papo.

 

Utilize uma etiqueta com seu nome

Poucas pessoas tem memória fotográfica. Facilite a vida dos outros e use uma etiqueta com seu nome. É muito ruim ficar perguntando o nome das pessoas a cada nova interação.

 

Tenha seu pitch na ponta da língua

Lembre-se que todos estão no evento com uma predisposição para conhecer novas pessoas, portanto não preocupe-se muito em interromper uma rodinha de conversa para apresentar-se. Nessa apresentação não é para falar seu mini-currículo, apenas o seu nome e o que faz já é um bom começo.

Se você vai ao evento especificamente para falar investidores uma dica importante é calibrar o pitch várias vezes com outros empreendedores antes de fazer a abordagem.

 

Agregue conteúdo

Ao participar de uma conversa procure agregar conteúdo, novas informações, ideias, opiniões, sugestões etc. O importante é não assumir uma postura totalmente passiva apenas ouvindo e balançando a cabeça. Contribua com a discussão, você sempre tem algo para acrescentar e será lembrado por isso.

 

Fale, mas também saiba ouvir

Quando você estiver conversando com outros empreendedores é possível que fique empolgado ao ver boas ideias e sugestões surgindo bem na sua frente, mas cuidado para essa empolgação não transformá-lo num grande chato. Mostrar interesse e saber ouvir o que os outros estão falando é um sinal de respeito, exercite essa habilidade também.

 

Não preocupe-se demais

Por favor, não imprima essas dicas para levar no dia do evento. Também não é preciso decorá-las. Essas dicas servem principalmente para você identificar pontos onde precisa melhorar para conseguir aproveitar mais o evento. Porém não preocupe-se demais sobre como deve agir ou falar, seja você mesmo e divirta-se.

 

Você tem alguma dica que eu não mencionei? Compartilhe!

Não inicie a validação do seu negócio com formulários
Decisões difíceis e como sair da zona de conforto
 

Rafael Carvalho

Rafael Carvalho fundou sua primeira startup aos 16 anos e desde então passou a explorar novas possibilidades no cenário tecnológico, participando da criação de negócios cada vez mais inovadores. Atualmente é co-fundador e CEO do Edools, startup que auxilia empresas e empreendedores que desejam vender cursos online e/ou criar treinamentos corporativos, através de uma plataforma poderosa e flexível. O Edools está no ar desde maio de 2013 e é uma das startups com selo Promessas Endeavor e recentemente acelerada pela 500 Startups ... [leia mais].

 

Deixe seu comentário: