Empreendedorismo, Gestão

Curva ABC: o que é, como calcular e benefícios!

Descubra como a Curva ABC pode ajudar a aumentar a fidelização de clientes e reduzir custos em seu negócio. Saiba como identificar os...

Escrito por Rafael Carvalho · 4 min leitura >
curva abc

Neste artigo, vamos falar sobre uma ferramenta fundamental para aumentar a fidelização de clientes e reduzir custos em seus negócios: a Curva ABC.

Com essa estratégia, você pode identificar quais são os produtos ou clientes mais importantes para a sua empresa e direcionar seus esforços de forma mais eficiente.

Vamos explorar esse conceito e entender como implementá-lo em sua gestão. Continue lendo!

O que é a Curva ABC?

A Curva ABC é uma técnica utilizada na gestão de estoques, vendas e clientes que tem como objetivo classificar os itens ou clientes de acordo com sua relevância estratégica.

Ela é baseada no princípio de Pareto, também conhecido como regra 80/20, que afirma que aproximadamente 80% dos resultados provêm de apenas 20% das causas.

Ao aplicá-la, é possível identificar quais itens ou clientes têm maior impacto nos resultados da empresa e, assim, tomar decisões mais assertivas em relação à alocação de recursos.

Essa classificação é feita com base na análise do volume de vendas, lucratividade ou qualquer outro critério relevante para o negócio.

Em resumo, a Curva ABC divide os itens ou clientes em três categorias:

  • Classe A: itens ou clientes de alta relevância, responsáveis por um alto percentual de vendas ou lucros;
  • Classe B: itens ou clientes de média relevância;
  • Classe C: itens ou clientes de baixa relevância, que representam um baixo percentual de vendas ou lucros.

Como a Curva ABC é calculada?

Para calcular a Curva ABC, é necessário seguir alguns passos:

  1. Listar todos os itens ou clientes a serem analisados;
  2. Definir o critério de classificação, como volume de vendas ou lucratividade;
  3. Ordenar os itens ou clientes de acordo com o critério escolhido;
  4. Calcular o percentual acumulado para cada item ou cliente;
  5. Plotar os dados em um gráfico de percentual acumulado x itens ou clientes;
  6. Identificar os limites entre as classes A, B e C no gráfico.

Com a Curva ABC calculada, você terá uma visão clara da distribuição dos itens ou clientes em termos de importância estratégica. Essa informação poderá direcionar suas ações para otimizar recursos e maximizar resultados.

Benefícios da aplicação da Curva ABC

A aplicação da Curva ABC traz diversos benefícios para a gestão de um negócio. Vejamos alguns deles:

  • Otimização de recursos: ao identificar os itens ou clientes mais importantes, é possível direcionar esforços, investimentos e recursos para aquilo que realmente gera resultados significativos;
  • Redução de custos: ao concentrar esforços nos itens ou clientes de maior relevância, é possível reduzir custos com produtos ou clientes que têm baixo impacto nos resultados;
  • Fidelização de clientes: ao conhecer melhor quem são os clientes mais valiosos, é possível desenvolver estratégias para fortalecer o relacionamento e aumentar a fidelização;
  • Tomada de decisões mais assertivas: com base nos dados fornecidos pela Curva, é possível embasar as decisões de gestão com informações precisas e confiáveis;
  • Identificação de oportunidades e riscos: a análise estratégica possibilitada pela técnica pode revelar oportunidades de negócios e também alertar sobre possíveis riscos.

Exemplos de aplicação

Vamos supor que você tenha uma loja de eletrônicos e decida aplicar a Curva ABC para gerir o estoque. Após calcular e analisar os resultados, você pode constatar que:

  • Classe A: TVs de alta resolução, smartphones top de linha;
  • Classe B: notebooks, videogames;
  • Classe C: acessórios para celulares, cabos HDMI.

Com essas informações, você pode avaliar diferentes ações, como:

  • Garantir um bom nível de estoque para os itens da Classe A, pois representam a maioria das vendas e lucros;
  • Planejar promoções e estratégias de marketing específicas para os itens da Classe B, visando aumentar sua relevância nas vendas;
  • Rever a estratégia para os itens da Classe C, que têm baixo impacto nos resultados, podendo reduzir as quantidades em estoque ou buscar fornecedores com preços mais competitivos.

Dicas para implementar a Curva ABC em seu negócio

Agora que você já conhece os conceitos básicos da Curva ABC, vamos compartilhar algumas dicas para implementá-la em seu negócio:

  • Utilize um sistema de gestão integrado para automatizar os cálculos da Curva;
  • Analise e atualize regularmente a classificação dos itens ou clientes;
  • Compartilhe as informações da Curva ABC com a equipe, para que todos entendam a importância estratégica e possam contribuir para a otimização dos resultados;
  • Monitore constantemente os itens ou clientes de maior relevância, pois a dinâmica do mercado pode alterar suas posições ao longo do tempo;
  • Experimente diferentes critérios de classificação. Nem sempre o volume de vendas é o mais relevante para a sua empresa;
  • Aplique a técnica em diferentes áreas do negócio, como estoque, vendas, marketing e gestão de clientes.

Perguntas comuns e frequentes sobre Curva ABC

A Curva ABC é aplicável apenas para empresas de grande porte?

Não, ela pode ser aplicada em negócios de todos os portes. O importante é identificar os critérios de classificação mais relevantes para a sua empresa.

Quais outros critérios podem ser utilizados para classificar os itens ou clientes?

Além do volume de vendas e lucratividade, é possível utilizar critérios como frequência de compra, ciclo de vida do produto ou cliente, entre outros.

A Curva ABC se aplica apenas a produtos ou também a serviços?

A Curva ABC pode ser aplicada tanto a produtos quanto a serviços. O importante é identificar os critérios de classificação mais adequados para cada caso.

Qual a frequência ideal para atualizar a Curva ABC?

A frequência de atualização da Curva ABC pode variar de acordo com a dinâmica do seu negócio. Recomenda-se revisar os dados e realizar a classificação pelo menos uma vez por trimestre.

A Curva ABC pode ser utilizada em diferentes áreas do meu negócio?

Sim, a Curva ABC pode ser aplicada em diferentes áreas da empresa, como estoque, vendas, marketing e gestão de clientes. Basta adaptar os critérios de classificação para cada área.

Conclusão

A Curva ABC é uma ferramenta valiosa para a gestão estratégica de negócios.

Ao identificar os itens ou clientes mais importantes, é possível direcionar recursos de forma mais eficiente, reduzindo custos e aumentando a fidelização de clientes.

Utilize os conceitos e dicas apresentados neste artigo para implementar essa técnica em seu negócio e alcançar resultados ainda melhores.

E não se esqueça de conhecer a Mentoria Imparáveis, uma oportunidade única para aprimorar suas habilidades e impulsionar seus negócios.

Escrito por Rafael Carvalho
Rafael Carvalho atua no mercado de marketing digital, educação online e infoprodutos desde 2011. Autor best-seller do livro Paixão S.A., ele também foi vencedor do prêmio Empreendedor de Sucesso, da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. → Siga-me no Instagram @eu.rafaelcarvalho. Profile

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress