Carreira, Destaques

Como não deixar o medo de empreender te travar

Aqui você vai descobrir como diminuir o medo de empreender e impedir que ele trave os seus resultados. Vem comigo!

Escrito por Rafael Carvalho · 4 min leitura >
homem com medo de empreender

O sonho de abrir o próprio negócio e lançar um novo produto faz parte da vida de muitas pessoas, assim como o medo de empreender. Por isso, se você está se sentindo inseguro sobre o que fazer e por onde começar, não se preocupe. Você não está sozinho.

Neste artigo, eu vou te apresentar alguns pontos essenciais para quem tem medo de empreender e estratégias para que você possa diminuir este medo e não deixar que ele trave os seus resultados.

Vem comigo!

Por que as pessoas têm medo de empreender?

O universo do empreendedorismo é cercado de vitórias, conquistas, e também muitos cases que não deram certo. Diferentemente de um modelo de trabalho CLT, empreender exige que você desenvolva novas habilidades para lidar com as próprias responsabilidades.

Assim, existem diversos motivos que podem gerar o medo de empreender entre as pessoas:

  • Perder dinheiro;
  • Insegurança em lançar a sua marca e o seu produto;
  • Falta de contato com pessoas e referências que deram certo;
  • Medo de falhar;
  • Não se sentir capaz de aguentar uma sobrecarga de atividades.

Eu não estou aqui para te enganar, você está sujeito a sofrer e vivenciar cada um desses medos. Porém, isso não significa que não caminhos que podem fazer com que você evite que eles se tornem realidade.

Mas para tudo isso, sempre será preciso que você esteja disposto a arriscar.

Medo de empreender para quem já empreende

Pois é, até quem já empreende tem medo de empreender! Sabe por quê?

Empreender não é um momento específico, uma escolha pontual. É a atitude de assumir uma jornada que estará cheia de desafios e escolhas para enfrentar diariamente.

Tomamos decisões todos os dias, uma centena delas. Algumas são bem fáceis — onde comer, onde estacionar o carro, que horas acordar — enquanto outras tomam horas de sono.

Como conduzir uma negociação delicada? Como e quando desligar um colaborador? Onde e quanto investir? Qual o momento de intensificar ou reduzir o trabalho? Essas são apenas algumas das decisões que precisamos tomar diariamente. E elas não são nada fáceis.

Contudo, é a sua capacidade de tomar decisões difíceis que determinará seu perfil de liderança e quem você realmente é.

São esses momentos que separam as pessoas de sucesso das que serão para sempre iniciantes. Se você não tem estômago para isso, simplesmente abra espaço para o próximo da fila.

Por isso, não fique aterrorizado se você já empreende, mas continua com medo de empreender. Isso também faz parte da jornada.

Como diminuir o medo de empreender?

Perceba que aqui eu não disse “como perder o medo de empreender” ou “como acabar com o medo de empreender”. Sabe por quê?

Empreender é uma missão repleta de desafios e missões para cumprir, e você sempre estará enfrentando um novo problema e exigindo de si mais soluções para alcançar melhores resultados.

É por isso que o medo nunca acaba. Ele sempre vai estar lá, a cada novo problema.

Porém, você pode escolher dois caminhos: ou você deixa que ele te domine e trave a sua carreira, ou aprende a conviver com ele, sabendo como controlá-lo.

Se você prefere seguir com o primeiro caminho, eu não posso te ajudar muito. 

Mas se você escolheu o segundo, então continue por aqui. A seguir, estarei te apresentando algumas estratégias que você poderá aplicar para diminuir o seu medo de empreender e traçar uma jornada com maior segurança.

Invista em planejamento

O primeiro ponto é e sempre será investir em um bom planejamento.

E quando eu falo sobre planejar, é realmente colocar no papel tudo o que você precisa fazer, seja para quem está iniciando um negócio ou para quem já tem uma empresa.

O planejamento não deve ser uma atitude pontual e específica para as grandes decisões, mas deve ser um hábito que faz parte da rotina de todo empreendedor. Afinal, quando você planeja, você consegue:

  • Definir o que deseja e o que não quer alcançar;
  • Estabelecer metas e prazos a serem cumpridos;
  • Traçar uma trajetória que vai te permitir sair do seu estado atual para o seu objetivo;
  • Manter o alinhamento e o foco no resultado.

Por isso, se você percebe que ainda sente medo de empreender, colocar as ideias no papel é o primeiro passo.

Calcule o seu custo de oportunidade

Como você bem sabe, cada escolha exige uma renúncia.

Para fazer escolhas assertivas e reduzindo as chances de perda, é preciso levar em consideração diversos fatores, e um deles é o custo de oportunidade.

Este é um conceito bastante conhecido no mercado, que busca avaliar o quanto você poderá perder ou ganhar ao realizar uma determinada decisão, que pode ser sobre qualquer assunto. Para exemplificar, eu vou te mostrar algumas dúvidas em que pode ser aplicado o custo de oportunidade:

  • Manter o emprego ou se dedicar 100% ao novo negócio;
  • Contratar uma equipe CLT ou PJ;
  • Investir numa sede presencial ou manter o trabalho remoto;
  • Contar com o suporte de uma consultoria para novas contratações ou realizar o serviço por conta própria.

E se você quiser saber mais sobre o custo de oportunidade, confira o meu artigo: custo de oportunidade: o que é e como pode te ajudar no dia a dia?

Cuidado com o excesso de emoções

Quando eu falo sobre emoções, são tanto as que te fazem querer agir por impulso quanto as que podem estar te travando e impedindo de seguir em frente.

Empreender com emoção é um processo extremamente necessário para fazer com que os seus planos deem certo. Porém, quando as emoções tomam conta do processo de decisão e você deixa o seu lado racional de lado, existe uma grande possibilidade de que os seus planos não saiam da forma planejada.

Por isso, o ideal é sempre pesar cada decisão, estruturando um processo de análise que te ofereça maior segurança, reduzindo os possíveis riscos e diminuindo o medo de empreender.

Procure ajuda

Se mesmo aplicando as dicas acima você ainda se sente inseguro e tem medo de empreender, a melhor escolha é buscar o apoio de uma pessoa que possa te orientar e definir quais os melhores caminhos a serem seguidos.

Um exemplo disso é a Mentoria Impulso Digital, que desenvolvemos na HeroSpark com o objetivo de ajudar infoprodutores a criar produtos irresistíveis e seguindo todas as etapas mais básicas. A nossa ideia é apresentar uma estratégia estruturada para que os infoprodutores saibam o que fazer e reduzam o medo de empreender.

Como você viu, o medo de empreender sempre vai fazer parte do caminho dos empreendedores, seja para quem ainda está pensando em criar o próprio negócio ou já tem uma empresa.

Assim, além das estratégias que eu descrevi acima, a sua maior fonte de segurança sempre será o conhecimento. 

E se você quer saber mais sobre temas relacionados ao empreendedorismo digital, me acompanhe no Instagram!

Escrito por Rafael Carvalho
Rafael Carvalho atua no mercado de marketing digital, educação online e infoprodutos desde 2011. Autor best-seller do livro Paixão S.A., ele também foi vencedor do prêmio Empreendedor de Sucesso, da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. → Siga-me no Instagram @eu.rafaelcarvalho. Profile

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress