Infoprodutos, Marketing Digital

Dropshipping ou PLR: descubra a melhor opção para você

Na dúvida se é melhor escolher o dropshipping ou PLR para investir no mercado digital? Vem que aqui eu te mostro o...

Escrito por Rafael Carvalho · 9 min leitura >
dropshipping ou plr

Entre o dropshipping ou PLR, você já sabe qual seria o melhor formato para ingressar no mercado digital?

Os dois modelos de negócio podem ser bem lucrativos, mas é preciso entender como eles funcionam para que os melhores resultados sejam atingidos.

Neste artigo, eu vou explicar o que é o dropshipping, o que é o PLR, suas características e benefícios, além de discutir quais fatores devem ser considerados ao escolher a melhor opção para você. 

Quer descobrir qual o melhor para você, dropshipping ou PLR? Então venha comigo e continue a leitura!

O que é dropshipping?

Para começar, imagine ter seu próprio negócio de venda de produtos sem precisar se preocupar com o estoque, embalagem ou envio. Parece bom demais para ser verdade, certo? Mas é exatamente isso que o dropshipping oferece. 

É uma maneira inteligente de empreender online, eliminando muitos dos desafios tradicionais que acompanham a gestão de uma loja física ou virtual convencional.

Então, você deve estar se perguntando: “Rafa, o que exatamente é o dropshipping?”.

Bem, em poucas palavras, é um modelo de negócio onde você atua como intermediário entre os clientes e os fornecedores. 

Em vez de manter um estoque físico, você simplesmente promove os produtos de outras empresas em sua loja online e, quando um cliente faz uma compra, você encaminha o pedido diretamente ao fornecedor. 

E o melhor de tudo, o fornecedor fica responsável por empacotar e enviar o produto ao cliente final.

O dropshipping oferece uma maneira eficiente e de baixo risco para começar seu empreendimento online, permitindo que você se concentre na promoção e venda dos produtos sem se preocupar com os aspectos logísticos.

No entanto, assim como qualquer outro modelo de negócio, o dropshipping tem suas vantagens e desafios. 

Quais as vantagens e desvantagens de investir em dropshipping?

Agora que você já entende o básico do dropshipping e como ele funciona, é hora de explorar as vantagens e desvantagens desse modelo de negócio. 

Como empreendedor digital iniciante, é essencial conhecer os prós e contras antes de tomar uma decisão importante sobre o seu futuro no mercado online. Por isso, listei abaixo algumas delas. Confira.

Vantagens do dropshipping

Entre as principais vantagens de atuar com um modelo de negócio de dropshipping, podemos destacar as seguintes:

Baixa barreira de entrada

Diferente de um negócio tradicional, você não precisa investir uma grande quantia em estoque inicialmente. Isso significa menos riscos financeiros e mais flexibilidade para testar diferentes produtos e nichos de mercado. 

Você pode começar com um orçamento modesto e ir expandindo gradualmente à medida que seu negócio cresce.

Facilidade de gerenciamento 

Ao não precisar lidar com estoque, embalagem e envio dos produtos, você economiza tempo e esforço. Isso permite que você se concentre em atividades estratégicas, como marketing, atendimento ao cliente e expansão do seu negócio.

Além disso, como o fornecedor é responsável pela logística, você não precisa se preocupar com armazenamento, embalagens ou envio, o que é especialmente benéfico para empreendedores com espaço limitado ou que desejam trabalhar remotamente.

Variedade de produtos para escolher

Com acesso a fornecedores de diferentes países e setores, você pode explorar uma infinidade de nichos de mercado e encontrar produtos que se alinhem aos interesses do seu público-alvo. 

Essa diversidade permite uma maior flexibilidade para adaptar seu negócio às tendências e demandas do mercado.

Desvantagens do dropshipping

Nem tudo são flores. Existem também algumas desvantagens desse modelo que precisam ser destacadas:

Concorrência acirrada

Sendo o dropshipping um modelo acessível e popular, muitos empreendedores estão entrando nesse mercado. 

Isso significa que você precisa se destacar para atrair clientes e conquistar sua fatia de mercado. É essencial investir em estratégias de marketing eficazes e encontrar maneiras de se diferenciar da concorrência.

Menor margem de lucro

Atuando como intermediário entre o fornecedor e o cliente, é comum que a margem de lucro seja menor em comparação a ter seu próprio estoque de produtos. 

No entanto, com uma estratégia de marketing sólida e uma seleção cuidadosa de produtos, é possível obter uma lucratividade saudável.

Dependência dos fornecedores

Contando com os fornecedores para entregar os produtos corretamente e dentro do prazo, é fundamental estabelecer parcerias confiáveis e acompanhar de perto o desempenho dos fornecedores. 

Uma falha em cumprir com as expectativas dos clientes pode afetar negativamente sua reputação.

Agora que você conhece as vantagens e desvantagens do dropshipping, pode avaliar se esse modelo de negócio se alinha com seus objetivos, recursos e habilidades. É importante considerar esses aspectos antes de tomar uma decisão final.

Qual a média de renda de um dropshipping?

A renda média de um negócio de dropshipping pode variar bastante, dependendo de vários fatores, como:

  • Tipo de produto vendido;
  • Margem de lucro;
  • Eficácia das estratégias de marketing;
  • Automação dos processos. 

Assim, tudo vai partir do ponto onde você começa a gerar lucro com as suas vendas. Afinal, o começo do negócio pode ser bem difícil.

Dessa forma, você pode obter um lucro a partir de 10% em alguns cenários iniciais – lembrando que lucro não é faturamento.

Por isso, não existe uma média única que se aplique a todos os casos, pois alguns empreendedores podem obter um sucesso considerável, enquanto outros podem enfrentar dificuldades.

Pode ficar rico com dropshipping?

É possível obter lucro considerável com um negócio de dropshipping, mas ficar “rico” com esse modelo de negócios é mais difícil e não é garantido.

Existem diversos fatores que precisam ser considerados e que ajudam a responder a essa pergunta:

Margens de lucro limitadas

O dropshipping geralmente envolve margens de lucro mais baixas em comparação com outros modelos de negócios, porque você está comprando produtos de fornecedores terceirizados.

Portanto, pode ser necessário vender um grande volume de produtos para obter lucros significativos.

Concorrência

A concorrência no mundo do dropshipping pode ser intensa, principalmente nos nichos mais populares.

Muitas pessoas entram no mercado, muito por conta da baixa barreira de entrada, o que pode tornar difícil se destacar.

Custos de marketing

Para atrair clientes, você vai precisar investir em marketing, o que pode envolver gastos significativos em publicidade online, SEO, marketing de conteúdo, entre outros.

Porém, esse será o seu principal núcleo de investimento, principalmente considerando o grande volume de vendas necessário para ter uma lucratividade interessante.

Gestão de estoque e fornecedores

Você depende de fornecedores terceirizados para fornecer os produtos, o que deixa muito mais difícil o controle operacional.

Problemas como atrasos na entrega ou falta de estoque podem afetar sua reputação e seus lucros.

Atendimento ao cliente

Oferecer um bom atendimento ao cliente é crucial, esse vai ser o seu melhor investimento no marketing do negócio.

Lidar com reclamações, atrasos, devoluções e problemas de entrega é parte integrante do negócio.

Evolução do mercado

Os interesses e comportamentos dos consumidores podem mudar rapidamente. O que é popular hoje pode não ser tão popular no próximo ano, ou até no próximo mês. É necessária uma grande capacidade de adaptação.

Enfim, é possível sim ganhar dinheiro com o dropshipping e construir um negócio lucrativo, mas não é uma fórmula mágica para enriquecimento rápido.

Será necessário muito trabalho, pesquisa, planejamento e uma compreensão dos princípios de negócios e marketing.

É difícil trabalhar com dropshipping?

Trabalhar com dropshipping pode ser desafiador, assim como qualquer outro tipo de negócio.

A dificuldade pode variar dependendo de diversos fatores, incluindo sua experiência anterior, a escolha de nicho de mercado, a concorrência e suas habilidades de gestão.

O dropshipping pode ser uma opção viável, mas desafiadora, para quem deseja iniciar um negócio online.

O sucesso nesse segmento requer comprometimento, paciência, habilidades de gerenciamento e uma compreensão sólida do mercado.

Dropshipping é furada?

O dropshipping não é uma “furada”, assim como qualquer outro, é um modelo de negócios com suas vantagens e desvantagens.

Como em qualquer negócio, há riscos envolvidos. 

Assim, existem muitos golpes de dropshipping por aí, onde os vendedores anunciam produtos que nunca chegam ou são de qualidade inferior. Portanto, é importante fazer sua pesquisa e escolher um fornecedor confiável.

A decisão de se envolver com o dropshipping deve ser tomada com base em uma compreensão clara dos prós e contras, bem como em suas metas e habilidades pessoais.

O que é preciso para ser dropshipper?

Para iniciar com o dropshipping, você pode seguir algumas etapas e deve considerar alguns fatores importantes.

Primeiro, você precisa escolher um nicho de mercado e encontrar um fornecedor confiável que possa fornecer os produtos que você deseja vender. Em seguida, você precisa criar uma loja virtual e listar os produtos em seu site. 

Quando um cliente faz um pedido, você compra o produto do fornecedor e o envia diretamente para o cliente. 

E para tudo isso, você deve avaliar fatores como:

  • Nicho de mercado;
  • Analise a concorrência;
  • Fornecedores confiáveis;
  • Escolha de produtos;
  • Métodos de pagamento;
  • Estratégias de marketing.

O que é PLR?

Os produtos PLR oferecem uma abordagem diferente em relação ao dropshipping. 

Enquanto no dropshipping você atua como intermediário entre fornecedores e clientes, no PLR você adquire o direito de produtos digitais prontos para uso e os personaliza. 

Em outras palavras, você pode colocar sua própria marca, logotipo e até mesmo fazer alterações no conteúdo, de acordo com suas necessidades e preferências.

Mas o que exatamente é um produto com direitos de etiqueta privada? São produtos digitais, como: 

  • E-books;
  • Cursos online;
  • Artigos;
  • Templates;
  • Vídeos.

Esses produtos são disponibilizados para venda com permissão para que você os utilize como se fossem seus. 

Isso significa que você pode vender esses produtos com sua própria marca e obter todo o crédito pelo trabalho a partir da sua personalização.

Quais as vantagens e desvantagens de investir em PLR?

Agora você deve estar se perguntando: “Rafa, quais os prós e contras que eu devo considerar para investir em PLR em vez de dropshipping?”. 

Existem vários detalhes que você pode observar antes de decidir entre dropshipping ou PLR em seu negócio digital. 

Veja!

Vantagens de investir em PLR

Economia de tempo e esforço

Ao adquirir produtos PLR, você economiza tempo e esforço na criação de conteúdos do zero.

Os produtos PLR já estão prontos para uso, o que permite que você os personalize e os coloque à venda rapidamente.

Personalização e branding

Você tem a liberdade de personalizar e adaptar o conteúdo de acordo com sua marca. 

Você pode adicionar sua própria identidade visual, logotipo e fazer alterações no conteúdo para torná-lo único.

Flexibilidade de nicho

Existem produtos PLR disponíveis para uma ampla variedade de nichos de mercado. 

Assim, isso oferece a flexibilidade de explorar diferentes segmentos e encontrar aqueles que melhor se adequam aos interesses da sua persona.

Variedade de formatos de conteúdo

Os produtos PLR estão disponíveis em diversos formatos, permitindo que você ofereça uma variedade de opções aos seus clientes e atenda a diferentes preferências de consumo de conteúdo.

Oportunidades de lucro

Com os produtos PLR, você pode definir seus próprios preços e manter a maior parte dos lucros. 

Dessa forma, existe a oportunidade de obter retornos financeiros maiores, especialmente se você conseguir encontrar um nicho de mercado com alta demanda.

Desvantagens de investir em PLR

Concorrência

Assim como no dropshipping, a concorrência pode ser acirrada no mercado de PLR. 

É importante diferenciar seus produtos e oferecer um valor exclusivo para atrair clientes em meio à concorrência.

Qualidade do conteúdo

Nem todos os produtos PLR são de alta qualidade. Afinal, nem sempre eles são desenvolvidos para atender a uma demanda de mercado bem nichada e definida.

É necessário pesquisar e encontrar fornecedores confiáveis que ofereçam conteúdo relevante e bem produzido. 

Caso contrário, você pode enfrentar dificuldades em fornecer um produto valioso aos seus clientes.

Qual PLR vende mais?

O que vende mais em termos de PLR pode variar bastante ao longo do tempo e depende de diversos fatores, incluindo tendências de mercado, nicho de mercado, qualidade do conteúdo e estratégia de marketing.

No entanto, alguns tipos de produtos PLR tendem a ser mais populares do que outros em geral. Por exemplo, vou te mostrar alguns tipos comuns de produtos PLR que muitas vezes têm demanda:

E-books e guias digitais

E-books sobre tópicos populares, como saúde, fitness, finanças pessoais, marketing digital e desenvolvimento pessoal, costumam ter boa demanda.

Eles podem ser vendidos em plataformas de e-commerce, como Amazon Kindle, ou diretamente em seu próprio site.

Cursos online

Cursos de treinamento em vídeo ou em formato de texto sobre habilidades específicas, como marketing na internet, programação, idiomas e educação online, podem ser populares.

Eles são frequentemente usados por empreendedores online e educadores, além de muito procurados pelos clientes potenciais.

Modelos de sites e gráficos

Modelos de sites, modelos de blogs, gráficos, modelos de mídia social e designs prontos para uso são procurados por proprietários de sites, blogueiros e empresários que desejam economizar tempo na criação de conteúdo visual atraente.

Desde que você tenha o conhecimento técnico necessário, essa pode ser um excelente produto digital.

Artigos e conteúdo escrito

Conteúdo escrito de alta qualidade em diversos nichos, como saúde, beleza, tecnologia, viagens e mais, pode ser usado por blogueiros, proprietários de sites e profissionais de marketing de conteúdo.

Se você possui a habilidade necessária, pode ser uma excelente oportunidade de ingressar no mundo do PLR.

Quanto custa um produto PLR?

O custo de produtos PLR pode variar com base em vários fatores, incluindo o tipo de produto, a qualidade do conteúdo, o nicho de mercado, a quantidade de produtos incluídos no pacote e a reputação do vendedor.

Porém, é importante lembrar que o preço de produtos PLR não é o único fator a considerar ao escolher um fornecedor.

A qualidade do conteúdo, a licença específica associada aos produtos PLR (algumas licenças podem restringir como você pode usá-los) e a reputação do vendedor também são importantes.

Antes de comprar produtos PLR, faça uma pesquisa cuidadosa, leia análises de outros compradores, verifique as licenças associadas e avalie o valor que você acredita que o conteúdo oferecerá ao seu público-alvo.

Qual o melhor: dropshipping ou PLR?

Como você viu, os dois modelos oferecem vantagens e desvantagens que devem ser analisadas.

Enquanto no dropshipping você pode ter maiores retornos, mas depende de fornecedores, no PLR você é “dono” do produto. No entanto, nem sempre ele pode estar pronto para o seu público.

Assim, a decisão sobre qual modelo de negócio adotar cabe a você. Avalie cuidadosamente suas preferências, recursos disponíveis e as demandas do seu público-alvo.

Lembre também que o sucesso em qualquer modelo de negócio requer dedicação, pesquisa e adaptação contínuas. 

Quer saber mais sobre estratégias de marketing e vendas? Confira esses conteúdos:

Escrito por Rafael Carvalho
Rafael Carvalho atua no mercado de marketing digital, educação online e infoprodutos desde 2011. Autor best-seller do livro Paixão S.A., ele também foi vencedor do prêmio Empreendedor de Sucesso, da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. → Siga-me no Instagram @eu.rafaelcarvalho. Profile

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress