Gestão

Qual a diferença entre o faturamento e lucro da sua agência?

Você gerencia uma agência, mas ainda não sabe diferenciar o que é faturamento e o que é o lucro do negócio? Então vem...

· 4 min leitura >
faturamento e lucro

Vamos direto ao ponto: você, como empreendedor, sabe qual a diferença entre faturamento e lucro?

Por mais que esses dois termos sejam tratados como sinônimos, cada um reflete um significado essencial para entender os principais aspectos da saúde financeira do negócio.

O faturamento e lucro são dois dos indicadores mais comuns, e básicos, a serem acompanhados na gestão financeira de uma agência. Por isso, entender a diferença entre o que cada um significa é fundamental.

E para te ajudar, neste artigo eu vou esclarecer algumas das dúvidas mais comuns sobre o tema, como:

  • Qual a diferença entre faturamento e lucro?
  • Será que faturar bem significa lucrar bem?
  • Como calcular cada indicador?
  • O que fazer para melhorar o faturamento e o lucro?

Quer saber a resposta para estas perguntas? Continue por aqui e aproveita o conteúdo!

Faturamento x lucro: qual a diferença?

Faturamento

De maneira simples, o faturamento da agência é tudo o que a empresa está ganhando com a venda dos seus produtos e serviços dentro de um período. Assim, ele corresponde a todos os valores que entraram na empresa.

Para calcular, basta multiplicar o valor do seu produto ou serviço pela quantidade de vendas realizadas.

Por exemplo, vamos imaginar que a você trabalha com a venda de um curso online sobre gastronomia. Atualmente, o valor do seu curso é de R$ 997. No mês de junho de 2022, você realizou a abertura de vagas para as novas turmas e fechou o período efetuando 10 vendas.

Assim, o seu faturamento no mês de junho foi:

Faturamento = Valor do produto ou serviço * Quantidade = 997 * 10 = R$ 9.970

Conhecendo o seu faturamento, você poderá manter um histórico de evolução as atividades da empresa, além de conseguir projetar metas de curto, médio e longo prazo tomando como base o comportamento de vendas estudado.

Lucro

Enquanto o faturamento reflete o valor geral realizado no período, o lucro considera os valores de todos os custos envolvidos para que a empresa gerasse esses resultados.

Assim, o lucro corresponde ao valor do faturamento menos todos os gastos, custos e despesas da agência no mesmo período.

Vamos utilizar o mesmo exemplo para explicar esse cálculo.

Você identificou que o seu faturamento no mês de junho foi de R$9.970. Porém, para calcular o lucro sobre este faturamento, será preciso considerar todos os custos envolvidos, como:

  • Hospedagem: R$ 100,00
  • Impostos: R$ 200,00
  • Salários da equipe: R$ 4.000
  • Marketing: R$ 1.200,00

Assim, o seu lucro seria:

Lucro = Faturamento – Custos = 9970 – (100+200+4000+1200) = 9970 – 5500 =

R$ 4.470

Como você percebeu, é possível visualizar o faturamento e lucro a partir de dois conceitos simples.

O faturamento seria tudo o que a agência consegue gerar, unindo as ações em vendas e capacidade produtiva da equipe. Assim, ele é o valor geral que reflete a efetividade dos esforços no período.

O lucro pode ser visto como o quão otimizadas estão as suas atividades. Afinal, quanto maior o lucro, melhores os resultados do negócio.

Faturar bem significa lucrar bem?

E agora chegamos no momento de responder a uma dúvida comum entre os empreendedores: será que faturar bem significa lucrar bem?

E a resposta é “não”, os dois indicadores não estão relacionados dessa forma.

Assim, mesmo que uma empresa esteja faturando muito bem, o lucro desse faturamento pode ser mínimo, ou mesmo nulo. Esse é o famoso caso do “assando e comendo”, no qual a agência está gerando a receita necessária apenas para cobrir as despesas, mas sem demostrar nenhuma evolução.

É como se a empresa estivesse dando todo o gás para gerar mais resultados e correr para o próximo ponto de crescimento, mas os custos com esse trabalho estão sendo uma âncora que prende a empresa na sua posição atual.

Como empreendedor, é essencial que você entenda esse conceito. Afinal, é comum que os gestores de negócios menos experientes acreditem que a empresa está indo muito bem analisando apenas os resultados de faturamento.

Em outras palavras, eles olham apenas o que está entrando, mas não mantêm o controle do que está saindo.

Além disso, a compreensão sobre esta diferença também é necessária para as pessoas que buscam investir em outros negócios.

A interpretação dos indicadores vai fazer com que você entenda se a empresa que está sendo analisada realmente tem potencial ou se o negócio já não está indo tão bem, e o seu investimento seria algo inseguro.

Assim, é preciso entender que:

  • O faturamento não representa o sucesso de um projeto ou de uma empresa;
  • Mesmo faturando muito, o lucro pode ser zero;
  • Em alguns casos, o faturamento pode não cobrir as despesas, e você sai no prejuízo;
  • Mais do que gerar um bom faturamento, você precisa gerar um bom lucro            ;
  • Se, após realizar todos os pagamentos, a empresa não fica com nenhum caixa, ela está apenas sobrevivendo.

Dessa forma, além de entender a diferença entre faturamento e lucro e saber como calcular estes indicadores financeiros, é preciso conhecer estratégias para que eles sejam otimizados. E é sobre isso que eu vou falar no próximo tópico.

Como melhorar o faturamento e lucro da sua agência?

Analise os resultados atuais

O primeiro passo é realizar a análise dos resultados atuais da empresa. Para isso, é recomendado que você busque informações sobre os últimos 12 meses ou, no mínimo, 3 meses.

Assim, você deve buscar responder a algumas perguntas:

  • Qual o nosso faturamento e lucro no período?
  • Em quais momentos tivemos um aumento ou queda nos valores?
  • Estamos conseguindo gerar lucros para a agência?
  • Quais os valores das despesas e custos?

Elabore um planejamento

Analisando os resultados e histórico da empresa, você vai precisar elaborar um plano de ação para melhorar os resultados.

Dessa forma, por meio das informações obtidas na análise de resultados, você vai conseguir identificar os possíveis problemas e gargalos financeiros para o negócio.

Verifique quais erros geraram um impacto nos resultados financeiros e esteja preparado para que eles não sejam cometidos novamente. Além disso, analise onde a empresa pode melhorar e se a precificação dos produtos e serviços está de acordo com as necessidades da agência e valores praticados no mercado.

Elimine custos

É importante que você tenha em mente que nem sempre o problema está no fato de vender mais ou menos produtos ou serviços. Em alguns casos, o problema pode estar no quanto você gasta para manter as atividades.

Afinal, não adianta investir em ações para vender mais se os custos com as atividades acompanham o aumento das vendas.

Por isso, analise bem onde e como os custos podem ser eliminados. Para isso, é importante envolver a percepção do time na identificação do que é mais ou menos essencial para a realização das atividades.

Entender qual a diferença entre faturamento e lucro é fundamental para conhecer o comportamento e saúde financeira do seu negócio, bem como desenvolver estratégias para gerar mais e melhores resultados.

E se você quer saber mais sobre gestão para negócios digitais, confira estes outros artigos:

Deixe seu comentário: