Gestão, Startups

Seja o CEO que sua startup precisa

CEO é uma das posições mais badaladas no mundo das startups, mas será que você está pronto para ser o CEO que...

Escrito por Rafael Carvalho · 4 min leitura >
Seja o CEO que sua startup precisa

Você mal consegue se conter de empolgação quando pensa em ser o CEO da sua própria startup? Em um primeiro momento, pode até parecer uma tarefa fácil, mas antes de seguir por esse caminho é preciso conhecer bem cada passo dessa trilha. Para ajudar você, elaborei algumas dicas para desenvolver seu lado CEO. Confira!

Menos autoridade e mais liderança

Negócios, Lady, Mulher, Menina, Computador, Sorriso

Já se foi a época em que o CEO era intocável e os encontros com a equipe só aconteciam em eventos periódicos da empresa. Hoje em dia, ouvir, conversar e conhecer sua equipe é fundamental.

Dessa forma, você poderá conhecer de perto os problemas da sua empresa e por diferentes ângulos. Além disso, sua equipe se sentirá mais motivada, próxima e confiante.

Tenha ambição e humildade ao mesmo tempo

Parece antagônico? Mas, para liderar uma empresa, é necessário começar por uma mudança interna. Avalie suas ações e maneira de pensar. Isso significa estar aberto para reconhecer os próprios defeitos – o que não é nada fácil. Por outro lado, explore o seu lado ambicioso e sua determinação. Busque os resultados que espera e canalize toda a energia necessária para atingir esse objetivo.

O capitão afunda com o barco

Jogar a culpa dos problemas na equipe é o que muitos fazem. A consequência disso só pode ser desmotivação, frustração e até raiva. Portanto, esteja à frente. É sua a responsabilidade pelo sucesso da empresa. Um verdadeiro líder deve assumir responsabilidades e responder por sua equipe.

Você é a sua empresa

A visão de uma startup é criada após muitos estudos e pesquisas. Um bom CEO precisa focar no caminho e seguir por ele até que essa visão seja alcançada. Você deve ser a pessoa que conhece cada canto da empresa como ninguém e por isso é importante ligar sua imagem ao produto sempre que possível. Dois exemplos famosos dessa associação são Steve Jobs, com a Apple, e Mark Zuckerberg, com o Facebook.

Esqueça as paredes da sua sala

Paredes distanciam você da sua equipe. Os escritórios colaborativos são como aqueles bistrôs franceses, sem portas, nem paredes, para que as pessoas se sintam mais à vontade ao chegar lá. Acredite, estar junto da sua equipe vai dar a você liberdade e seus colaboradores se sentirão muito mais próximos.


Sabemos que muitas dessas características podem ser desenvolvidas durante o processo de validação das hipóteses de uma startup. Mas ao deixar de ser apenas um cofundador e se transformar em CEO você vai precisar de muito mais maturidade, persistência e outras qualidades relacionadas a empreendedorismo, elevadas à enésima potência. Você está preparado(a)?

Mas, e se fôssemos elencar qualidades essenciais para um bom CEO? quais seriam? Vamos lá.

Alto quociente emocional 

Os relacionamentos se tornaram ainda mais importantes e, portanto, devem ser tratados com sensibilidade, embora também sejam frequentemente complexos. 

Arrogância ou ego elevado não funcionam e levam a problemas. Portanto, o alto quociente emocional torna-se tanto um imperativo quanto um ativo. Quando alguém é humilde, a capacidade de aprendizado é maior à medida que aceita o feedback mais prontamente e também corrige o curso.

No mundo complexo de hoje, o alto quociente espiritual também é uma vantagem adicional, pois leva a melhores decisões intuitivas que muitas vezes são muito importantes e às vezes podem até mesmo fazer ou quebrar uma organização. Alta capacidade intuitiva é construída com conexão espiritual superior, de modo que alguém que é um verdadeiro buscador e se esforça por um único propósito superior pode provar ser um grande trunfo.

Capacidade de olhar para o futuro

Todos os negócios hoje correm o risco de interrupção e, portanto, é importante que um CEO tenha uma perspectiva sobre as mudanças no ecossistema de negócios, já que as expectativas, necessidades e demandas dos clientes tendem a mudar rapidamente.

Paixão

O trabalho de um CEO exige muito de qualquer ser humano. Portanto, é fundamental que o CEO seja apaixonado pelo setor, bem como pelos objetivos, visão e missão da organização. Lembre-se de que a determinação para o sucesso surge quando alguém é apaixonado, pois então você se esforça para obter sucesso. Afinal, quase sempre o sucesso ocorre quando a pessoa simplesmente não desiste e simplesmente persevera. Um esforço extra às vezes é a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Uma visão transparente

Um CEO deve ser capaz de determinar e comunicar a direção estratégica da organização. Se isso não for resolvido, é difícil tomar decisões sobre qualquer outra coisa no negócio. A empresa é apenas um grupo de pessoas em busca de objetivos individuais sem visão compartilhada. O CEO precisa ser capaz de descrever uma visão de forma clara e envolvente para todos que fazem parte do negócio. Todos na organização devem compreender como essa direção afeta seu trabalho.

Flexibilidade

O mundo dos negócios está mudando continuamente, tanto no ambiente de trabalho digital quanto no tradicional. Um CEO de sucesso precisa ser capaz de abraçar a mudança a qualquer momento, caso contrário ela não irá a lugar nenhum.

Grandes quantidades de informações podem ser processadas e enviadas instantaneamente, por isso é essencial ser capaz de avaliar rapidamente as informações digitais e, ao mesmo tempo, saber aconselhar os funcionários cara a cara, ou seja, se adaptando a diferentes formas de comunicação e de lidar com o negócio.

Colaboração

Mão, Unidos, Juntos, Pessoas, Unidade, Equipe

Hoje, o mundo dos negócios é muito mais colaborativo graças às mídias sociais e outras ferramentas online. A estrutura de cima para baixo do passado não é mais eficaz. Os CEOs devem se reunir com os membros da equipe em um espaço aberto, em vez de atrás de uma mesa em um escritório de canto com a porta fechada.

Fortalecimento

A vida pessoal e profissional está mais interligada do que nunca. Por isso, a liderança moderna está profundamente ligada a toda a ideia do funcionário. Os CEOs precisam capacitar os funcionários, estimulando-os a compartilhar experiências, interesses e personalidades no local de trabalho.

Assunção de riscos

Manipulação De Smartphone, Gleise, Executar, Encantador

Um CEO deve ser capaz de assumir riscos calculados após avaliar os benefícios e custos da decisão. Qualquer pessoa que não seja boa em assumir riscos geralmente não é adequada como CEO, pois isso fará com que a empresa fique atrás dos concorrentes. Um bom CEO deve ser capaz de assumir riscos sem comprometer a sobrevivência ou a lucratividade da empresa.


Que item você adicionaria à lista de qualidades que todo CEO deve ter? Conte nos comentários!

Escrito por Rafael Carvalho
Rafael Carvalho atua no mercado de marketing digital, educação online e infoprodutos desde 2011. Autor best-seller do livro Paixão S.A., ele também foi vencedor do prêmio Empreendedor de Sucesso, da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. → Siga-me no Instagram @eu.rafaelcarvalho. Profile

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress