Carreira, Empreendedorismo

5 lições de empreendedorismo que você não aprende na faculdade

O ambiente acadêmico pode ser muito propício para o desenvolvimento de bons negócios. Muitas empresas renomadas, e hoje muito conhecidas, surgiram ainda...

Escrito por Rafael Carvalho · 3 min leitura >
5 lições de empreendedorismo que você não aprende na faculdade

O período de estudos pode ensinar e contribuir para o desenvolvimento de bons negócios. Provavelmente você faz uso dos serviços e conhece empresas renomadas como Google, Yahoo, etc. Interessante que elas surgiram ainda no período acadêmico de seus fundadores.

De fato, o relacionamento que se cria, o aprendizado constante que o ambiente acadêmico proporciona e a juventude podem ser excelentes ferramentas para te ajudar a ter um negócio promissor.

Mas existem algumas informações e lições que devem ser levadas na hora de empreender que você não aprende somente na faculdade.

Estar à frente de uma empresa ou projeto significa aprender sempre e ter provas finais todos os dias, não só no fechamento do semestre.

Você está na faculdade e quer começar a empreender? Ou acabou de se formar e sonha com um negócio próprio? Vale a pena, então, explorar um pouco mais o tema e conferir essa lista.

1. Você está por conta própria

Essa é uma das primeiras realidades com as quais um recém-formado-projeto-de-empreendedor se depara. Durante a vida de estudante temos um plano: estudamos, nos dedicamos e o resultado é ao menos possível de controlar.

No empreendedorismo, você diz adeus ao plano de estudos, pois não existe roteiro para o sucesso após a graduação. É você mesmo quem tem que abrir o seu caminho.

Além disso é comum se ter mais apoio e não ser necessário a preocupação constante com outros aspectos como criação de filhos, prover sustento da família ou o seu próprio quando se está no período estudantil, porém, ao empreender essa realidade alcança um nível diferente e você se depara com muitas responsabilidades.

A boa notícia é que sua decisão de se tornar um empreendedor já indica que você é um inquieto, alguém em busca de novas trilhas. Então basta aproveitar e seguir por rumos que ninguém tentou antes.

É necessário seguir em frente e agir conforme os objetivos que foram definidos por você.

2. Esqueça a preocupação com as notas

Boletim

Conseguir um 10 em Metodologia de Pesquisa pode ter sido razão para se gabar. Mas, no mundo real, o mais próximo que você vai chegar de uma lista de notas é a folha usada para avaliar colaboradores.

E se você é como a maioria dos empreendedores atuais, vai evitar abordagens como essa. Gerenciar uma empresa tem menos a ver com tirar 10 em um plano de negócios e muito mais a ver com uma execução bem-sucedida.

Por isso é importante focalizar em resultados e os recursos e métodos necessários para isso. Você precisa saber liderar, se organizar e gerenciar de forma efetiva.

3. Amigo não é só quem frequenta o barzinho com você

Os tempos áureos de gastar alguns reais com cerveja barata no barzinho próximo à faculdade ficaram para trás, mas as relações permanecem. Como um empreendedor, você vai ter momentos de baixa também.

Quem são as pessoas que ajudavam a segurar a barra quando a situação apertava? Quando você achava que tinha perdido a matéria, a prova, a chance de uma média suficiente para ser aprovado? São essas pessoas que você vai querer manter no ciclo de amizade, para quem você deve enviar uma mensagem de vez em quando oferecendo apoio e a quem poderá recorrer quando precisar de um bom conselho – e, acredite, você vai precisar.

Por isso esteja aberto a oportunidades. Amplie o seu círculo de amizades e relacionamentos. Você notará que diferentes percepções podem trazer benefícios e contribuir até mesmo no seu crescimento.

4. Política e relações de negócios não se misturam

Claro que ir a protestos, reunir manifestantes em prol de causas sociais e participar das eleições do diretório estudantil são mesmo etapas fundamentais de aprendizado durante a faculdade.

Mas ao optar pela vida de empreendedor, você deve começar a ponderar antes de abrir sua opinião publicamente a quem quer que seja, doa a quem doer. Mesmo que suas opiniões e postura política tenham se mantido após a formatura, você vai precisar ser um pouco mais cauteloso antes de compartilhar seu ponto de vista.

O mundo dos negócios está cheio de perspectivas diferentes e muitas vezes é melhor manter-se neutro quando estiver conversando com colegas, colaboradores e clientes.

Por isso a cautela deve ser sua amiga. É necessário que você pondere muito mais do que antes.

5. Você está livre para pivotar

Mudança

A faculdade é muitas vezes percebida como um lugar para descobrir o que você realmente quer fazer com a sua vida. Mas isso não quer dizer que, uma vez que você tome um caminho, ele não tenha mais volta. Pelo contrário! A economia e as relações de trabalho tornam-se cada vez mais dinâmicas.

Muitos graduados acabam fazendo algo completamente diferente do que era sua proposta inicial, ao passar no vestibular. Ao se formar, tenha em mente que a única coisa constante na vida adulta é a mudança – e o melhor é aceitar, ou melhor, abraçar essa ideia. Ela não vale só para sua carreira, mas também para sua empresa.

Por isso não se desespere e esteja pronto para mudar e se adaptar quantas vezes forem necessárias.

Ou ainda você pode notar que é necessário moldar e melhorar um modelo de negócio que já desenvolveu. Dessa forma será necessário fazer avaliações constantes no seu negócio e verificar as implantações que são necessárias para que seu produto mantenha competitivo no mundo dos negócios. É necessário avaliar, converter e transfigurar o plano de negócios.

Vivemos em um ambiente de constante evolução. Os perfis de consumidores sofrem alterações e muitas vezes tendem a ser tornarem mais exigentes, por isso o produto ou serviço que era amplamente utilizado anteriormente pode se tornar obsoleto. Daí vem a necessidade de aperfeiçoar o seu negócio.


Quero saber: quais as outras lições que o empreendedorismo vem ensinando e que você não teve na sala de aula? O espaço de comentários está aberto, é só participar!

Escrito por Rafael Carvalho
Rafael Carvalho atua no mercado de marketing digital, educação online e infoprodutos desde 2011. Autor best-seller do livro Paixão S.A., ele também foi vencedor do prêmio Empreendedor de Sucesso, da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. → Siga-me no Instagram @eu.rafaelcarvalho. Profile

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress