Carreira, Infoprodutos, Marketing Digital

Copywriter: quanto ganha e como começar

Vale a pena ser copy? Será que o ChatGPT vai acabar com essa profissão? Ainda não sabe por onde começar? Descubra como...

· 4 min leitura >
copywriter

Se você é uma pessoa criativa, que gosta de escrever e busca uma carreira no mercado digital, então se tornar um copywriter pode ser uma ótima opção para você. 

A profissão de copywriter tem crescido cada vez mais nos últimos anos e se tornou uma das mais procuradas por quem deseja iniciar no marketing digital como freelancer. Mas afinal, você sabe quanto ganha um copywriter? E como é possível atuar nessa área?

Se você tem interesse em trabalhar com criação de conteúdo, continue lendo esse artigo e descubra como dar os primeiros passos na área!

O que é esse profissional?

Eu já tenho bastante experiência no digital, então posso afirmar que um conteúdo bem escrito tem um impacto real nas vendas de produtos e serviços de qualquer mercado. E quem é responsável por criar os textos que encantam leads e impulsionam vendas na internet é o copywriter.

Na prática, esse profissional trabalha criando textos persuasivos com o objetivo de convencer o leitor a tomar uma determinada ação, seja para:

  • Comprar um produto;
  • Se inscrever em um serviço;
  • Assinar uma newsletter.

Para isso, o trabalho de um copywriter envolve entender o público-alvo do texto, compreender suas necessidades e desejos, e usar técnicas de persuasão para criar um texto que gere uma resposta positiva. 

Para construir um texto que alcance esses objetivos, um profissional de copy deve ter habilidades em escrita criativa, além de conhecimentos em marketing de conteúdo e neuromarketing.

Um copywriter pode trabalhar em diversas áreas, como publicidade, marketing digital, e-commerce. E suas habilidades são extremamente valiosas para empresas que desejam aumentar suas vendas e melhorar sua autoridade digital.

E é por isso que essa profissão vem crescendo tanto no mercado. E se você duvida, é só procurar no LinkedIn por vagas de redator ou copy. Isso sem contar as vagas anunciadas em grupos pagos e comunidades específicas deste mercado.

É um mercado aberto para todo mundo, que está crescendo a cada ano e que você precisa ficar de olho, especialmente se está procurando uma renda extra.

Com o ChatGPT, ainda vale a pena ser um copywriter?

As ferramentas de IA têm grande potencial de otimização para o trabalho de diversos profissionais. Mas eu posso afirmar que a chegada do ChatGPT não torna o trabalho de copywriter desnecessário ou ultrapassado. 

Isso porque, embora a inteligência artificial possa gerar textos de forma automatizada, o trabalho humano ainda é fundamental para criar conteúdos de qualidade e exclusivos que engajem o público-alvo.

Sendo assim, um copywriter não é substituído integralmente por um IA, por ser capaz de transmitir a mensagem personalizada, com uma linguagem que seja adequada ao perfil do público e que crie uma conexão emocional com o leitor.

Além disso, a inteligência artificial também não é capaz de substituir completamente o trabalho do copywriter em aspectos como a criatividade, a originalidade e a empatia. 

E um bom copywriter pode oferecer, além dos textos, insights e ideias inovadoras que geram resultados expressivos para a empresa.

Portanto, mesmo com a chegada do ChatGPT, o trabalho do copywriter ainda é essencial para o sucesso das estratégias de marketing digital, e continua sendo uma profissão promissora para aqueles que buscam se especializar nessa área.

O ponto aqui é você utilizar essa ou outras ferramentas como um auxiliar nas suas produções. Vai por mim, dá para agilizar muito trabalho, mas sempre mantendo a atenção na qualidade do conteúdo.

Quanto ganha um copywriter? 

Por ser uma profissão que varia muito entre empregos CLT ou PJ, a faixa salarial de um redator pode depender de inúmeros fatores:

  • Experiência;
  • Ramo;
  • Especialidades;
  • Formato de trabalho;
  • Qualidade dos conteúdos e estratégias.

Mas o mercado já consegue oferecer um panorama bem legal da média salarial. Na pesquisa que a Júlia do SEO fez, por exemplo, em 2022 a média salarial de um redator chegava a R$ 3.992, considerando valores que vão desde R$ 900 até R$ 18.000.

Valores bem interessantes, não é mesmo?

Como copywriter, você pode trabalhar de forma autônoma, prestando serviços para empresas e clientes, ou pode ser contratado por agências de publicidade e marketing digital.

Além disso, grandes vantagens de investir para se tornar um copywriter é poder atuar em diversas áreas do mercado. É possível trabalhar em diferentes tipos de conteúdo, como:

  • Anúncios;
  • E-mails marketing;
  • Landing page;
  • Posts para redes sociais;
  • Artigos para blogs.

A flexibilidade do trabalho pode permitir que você, sendo copywriter, possa trabalhar remotamente e consiga estabelecer seus próprios horários de trabalho.

4 dicas para se tornar um copywriter

Investir na carreira de copywriter vale muito a pena, por ser uma profissão bastante versátil e requisitada no mercado digital, dá a possibilidade de trabalhar em times de marketing de empresas ou freelancer, com flexibilidade na escolha de projetos.

Por isso, gostaria de compartilhar três dicas valiosas para você que desejam se tornar um copywriter de sucesso:

1. Invista em capacitação 

A habilidade fundamental de um copywriter é a capacidade de escrever textos persuasivos e envolventes. 

Portanto, é importante investir em cursos e mentoria, além de aprimorar suas habilidades de escrita, praticando diariamente e estudando técnicas de escrita criativa e persuasiva.

Inclusive, você já pode começar pela certificação em copywriter que a gente tem na Hero.

2. Aprenda a estudar o público-alvo

Para escrever textos que realmente envolvem o público e geram uma resposta positiva, é fundamental entender o público-alvo. 

Sendo assim, é fundamental saber como pesquisar e estudar o perfil do público, seus interesses, necessidades e desejos.

Um exemplo é o meu próprio blog hahaha

Todos os conteúdos são pensados na persona que eu pretendo atingir. Então aqui eu avaliei:

  • As necessidades;
  • Dores;
  • Objetivos de vida;
  • Como a minha experiência no ramo digital + conteúdos personalizados poderiam ajudar.

Nada do que eu escrevo aqui é por acaso. 

3. Busque se especializar em uma área

Embora a versatilidade seja uma vantagem da profissão de copywriter, é importante escolher uma área de especialização para se destacar no mercado. 

Com a especialização, é possível se tornar um expert na área e conseguir mais oportunidades de trabalho.

Pode ser texto blog post, postagens para redes sociais e e-commerce ou criação de texto para anúncios de marketing digital.

Outro ponto a se pensar também, é a especialização em um nicho de conteúdo. E aqui vai um exemplo muito claro e bastante comum.

Se hoje você trabalha com gestão financeira, poderia muito bem se posicionar como um redator especialista neste tema. O mesmo serve para profissionais da área de contabilidade, RH, tecnologia, arquitetura, saúde…

Enfim, o ponto aqui é você entender que: o mercado está precisando e MUITO de copywriters que sabem do que estão falando. Conteúdos genéricos não agregam e não prendem o público. 

Por isso, se você pensa que a formação que você tem hoje não vai te ajudar nessa nova carreira, está muito enganado.

4. Invista em plataformas

E aqui vale plataformas como Gupy, Marfin, Rock Content e até o LinkedIn. O importante é você estar atento sobre as vagas disponíveis e jobs que você já poderia atender como iniciante.

Você vai perceber que o mais difícil é conseguir os primeiros clientes. Mas depois deles, as coisas começam a fluir muito mais, você aumenta o seu portfólio e novas propostas passam a surgir.

Gostou das dicas sobre a carreira de copywriter? Então já dá uma olhada nessa lista de conteúdos sobre carreira!

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress