Carreira, Empreendedorismo, Motivação

Empreender sem Propósito é Perda de Tempo

Muitos empreendimentos são desenvolvidos por necessidade, identificação, oportunidade, desejo de evolução profissional ou outros motivos, mas sabia que ter um propósito ao...

· 3 min leitura >
O que te faria uma pessoa completamente realizada?

Todo empreendedor carimba em seus negócios seus valores, motivações e crenças pessoais. É natural e necessário que antes de concretizar o empreendimento sejam definidas metas, objetivos e seja traçado um objetivo para isso.

Entretanto, muitas pessoas se sentem perdidas e não sabem direcionar seus esforços e alcançar o sucesso. É preciso ter em mente seu propósito de vida, porém, nem sempre isso é fácil. Muitos passam longos períodos na reflexão e busca por essa resposta.

Um ponto importante que irá contribuir para definir seus objetivos será o autoconhecimento. Ele irá contribuir para que você encontre um propósito e defina uma forma de agir e por que agir assim.

Além disso, o autoconhecimento te ajudará a identificar seus desejos e esse é um aspecto importante para se alcançar realização pessoal e profissional. É preciso saber o que se espera e o que se preza. Ou seja, é necessário que você conheça seus valores.

Você já conhece os seus valores?

motivação

O que te faria uma pessoa completamente realizada? Já parou para pensar nisso?

Se você é empreendedor, você deveria pensar sobre isso. Assim como encontrar uma proposta de valor matadora pode ser o diferencial do seu modelo de negócios, conhecer os seus valores pode ser a chave para o seu sucesso.

Vou te ensinar uma técnica ninja, que fará com que você descubra tudo isso, e entenda mais sobre quem é você. A técnica das TRÊS PERGUNTAS.

Para que servem as Três Perguntas? – Para aventurar-se pelos caminhos do auto-conhecimento. Uma análise profunda sobre:

  • Satisfação pessoal
  • Realização profissional
  • Desenvolver o seu legado
  • Propósito de vida

Pronto para conhecer as Três Perguntas? Então vamos lá:

  • Pense sobre as várias vezes em que você se sentiu realizado. O que você estava fazendo? Por que foi tão bom? Descreva esses acontecimentos em ordem cronológica, e o mais específico que você puder.
  • Quem você mais admira? E por quê? Cite três dos seus modelos. Quem você admira? Podem ser pessoas que você conhece, famosos ou mesmo personagens. Para cada um, escreva três motivos pelos quais você os admira. Então teremos aí no mínimo nove palavras-chave.
  • Como você gostaria de ser lembrado por seus amigos? Anote algumas das coisas que você espera que eles digam sobre você depois que você se for.

Pronto!  Provavelmente você falou muito aqui sobre suas raízes, valores, sobre o que importa para você na vida, e sobre o seu PROPÓSITO. O seu propósito de vida, quando descoberto, funcionará como um farol no meio do oceano. Ele te ajudará a manter o seu barco no rumo, a ter foco, e a persistir no alcance dos seus sonhos.

São seus propósitos que te ajudarão a se manter motivado. Uma rotina de vida empreendedora pode ser muito desafiadora e regado de muitas tarefas, se manter motivado será imprescindível para não abri mão de tudo.

E por que isso é importante?

Modelos de negócios são como plantas de um projeto de arquitetura. Eles guiam a construção de um negócio, assim como uma planta guia a construção de um edifício.

Agora, vamos entender a analogia:

A fim de criar um projeto, o arquiteto deve compreender a finalidade do edifício a ser construído.

Por exemplo, se os inquilinos serão médicos e dentistas, o edifício precisa ser projetado para acomodar salas de espera, salas de exame, pias especiais e um monte de equipamentos pesados, montados na parede, como as máquinas de raio-x.

A finalidade, ou objetivo, é igualmente importante ao criar uma organização ou negócio do zero. O objetivo da organização orienta o projeto do seu modelo de negócios.

Quando falamos sobre sua vida, podemos dizer que estamos falando sobre o seu Modelo de Negócios Pessoal. E aqui, a finalidade pode ser traduzida no propósito. Nesse sentido, o Propósito de Vida é um elemento crucial! É também uma restrição significativa do projeto: afinal, nenhuma organização – ou construção – pode ser projetada para ser todas as coisas para todas as pessoas ao mesmo tempo!

O mesmo vale para o modelo de negócios pessoal. Modificar ou reinventar o seu modelo pede que primeiro esclareçamos seu PROPÓSITO DE VIDA. Considere propósito como um norte, uma bandeira que guia e orienta o seu modelo de negócios pessoal.

Quando você tem um norte poderá estar adaptado para um modelo de negócio específico, que atenderá pessoas específicas. Ou seja não ficará perdido tentando ser tudo e ao mesmo tempo não sendo nada.

E a sua bandeira, como é?

Levante a bandeira do seu propósito bem para o alto. E caminhe rumo a sua realização profissional e satisfação pessoal. Sim, ter uma vida plena e feliz é mais que possível. E, se você for um empreendedor, provavelmente já sabe disso.

Como empreender com propósito

criatividade

Podemos dizer que os produtos de mais sucessos atualmente apresentam uma melhoria para o mundo e atendem a necessidade do consumidor. Por isso a medida que você coloca seus valores e confia realmente naquele produto as chances da ideia ser promissora são muito maiores.

É bem verdade que você pode empreender por motivos diversos, mas quando você realmente acredita naquilo e está disposto a levá-lo ao mercado por isso você será mais feliz e bem sucedido.

Além disso, será muito mais leve quando você tem um motivo e um propósito forte para tornar e levar esse negócio adiante.

Quando você desenvolve um negócio em que você tenha vocação terá muito mais prazer e a chance de sucesso são maiores.

Você pode usar inúmeras expressões para definir propósito e até mesmo achar que não tem um. Mas, quando você se empenha em algo sabendo aonde quer chegar e com recursos, planejamento e energias necessárias provavelmente você tem um propósito.

Então, basicamente podemos dizer que é necessário um autoconhecimento para definir seu propósito, depois disso você deve traçar um planejamento para agir conforme seus valores. O resultado? vimos que negócios originais que atendam as dores dos diferentes perfis de consumo hoje existentes possuem muito mais chances de sucesso.

Que tal? Vamos começar essa caminhada juntos?

Então responde às três perguntas lá de cima e me conta o resultado aqui nos comentários!

Deixe seu comentário: