Startups

Descubra o que Festas e Startups possuem em comum

Para que uma festa possa ser bem sucedida alguns passos são necessários e importantes. Talvez você se surpreenda com o fato de que...

Escrito por Rafael Carvalho · 3 min leitura >

Qual seria a semelhança entre fazer uma Festa e uma Startup, não muita, certo?

E se eu te dissesse que existe mais semelhança do que você imagina? Com certeza você ficaria muito surpreso, mas talvez festas e Startup não seja tão diferente assim quanto você imagina!

Por mais que ache essa comparação estranha, no decorrer você irá ver que na verdade não é bem assim.

Digamos que seus pais programaram aquela viagem e decidiram então fazê-la. Daí eles viajaram o final de semana (imagine que você ainda mora com eles se não for o caso), e  você, que ficará sozinho em casa, tem uma ideia que para você é muito boa: você resolve fazer uma festa! Mas como você realizaria essa festa? Qual seria o passo a passo que seguira para dar tudo certo? Por onde começaria sua organização?

Você listaria os seus amigos que você gostaria que estivesse presente na festa com você, imaginaria que apenas um percentual deles iria para a festa, decidiria o dia e horário da festa e compraria bebida baseado no número estimado anteriormente, depois só esperar o pessoal esperar o dia  com a bebida preparada pelos seus amigos, certo?

Espero que você não faça desse jeito, pois se não você pode acabar tendo uma grande decepção e um grande prejuízo. Afinal de contas, seus amigos podem estar viajando, ou simplesmente ninguém estar afim de ir numa festa nesse feriado? Ou mesmo acontecer uma outra festa no mesmo horário da sua que você não sabia.

Perceba que não houve uma análise cuidadosa, a pessoa apenas decidiu fazer a festa sem uma visualização de cenário e sem pensar nos revés que poderiam incorrer na situação.

Pode parecer tonto fazer uma festa desse jeito, mas é interessante que é exatamente assim que muitos empreendedores fazem suas startups.

Deixa eu explicar um pouco melhor:

  • Esses empreendedores fazem um estudo de mercado baseado apenas em dados, da mesma forma que a lista de amigos que eu falei;
  • Assumem que vão ter um determinado número de clientes, igual a assumir que um determinado número de amigos vai para a festa;
  • Definem o produto sem saber o que exatamente os clientes querem, da mesma forma que definir o dia e horário da festa sem perguntar se os amigos poderiam ir;
  • Investem tempo e dinheiro na startup sem ter uma validação do mercado, assim como o nosso festeiro de plantão compraria bebida assumindo que o número de amigos que ele definiu estava certo, sem antes ter nenhuma confirmação;

Então com base nessa análise e nos fatos elencados acima essa não seria a melhor e mais inteligente forma de fazer a festa. Visto que o modelo que mencionamos como exemplo não seria o mais adequado, qual seria então  uma forma melhor de fazer uma festa (startup)?

Ao invés de simplesmente definir as pessoas e o dia que você deseja fazer essa festa o mais prudente e a forma mais estratégica seria conversar primeiro com amigos mais próximos para ver se eles poderiam ir para a festa e dar sugestões sobre o dia, horário, quem chamar e mesmo outras coisas que você ainda não tinha pensado.

Assim você consegue definir melhor os detalhes da sua festa (produto) baseado no que os seus amigos (clientes) querem e ainda consegue saber se realmente vai ter quórum para sua festa (mercado), além disso, você consegue ter uma validação antes de gastar toda a sua mesada comprando bebida (investir muito dinheiro e tempo).

Dessa forma é muito mais provável que você consiga fazer uma festa (startup) de sucesso!

Imagine se não fizesse isso. Conforme falamos, você poderia correr o risco de desperdiçar dinheiro com comidas e bebidas e ainda acabar sozinho nesse dia que você esperava se que estivesse bombando.

Mas o que uma Startup precisa para ter sucesso? Já pensou nisso? vamos falar sobre três características para você.

Autodisciplina

Todo bom negócio precisa que o CEO corresponda. Um CEO deve ser autodisciplinado e acreditar no plano que traçou para a empresa. O autocontrole não envolve apenas gastar o orçamento, trata-se de não reagir a cada modismo e tendência que chega às ruas.

Você deve ter uma agenda firme para que chegue em um determinado horário e saia em um determinado horário. Mas, ao mesmo tempo, você precisa ter disciplina para não permitir que seu negócio o consuma. Um bom equilíbrio entre vida profissional e familiar é essencial para evitar o esgotamento.

Habilidades sociais afiadas

No mundo dos negócios , não se trata do que você sabe, mas sim de quem você conhece. Se você não tem as habilidades sociais para sair e fazer networking, é melhor encontrar alguém que tenha. Suas conexões o transformarão em leads e lhe ensinarão coisas sobre sua empresa para ajudá-la a crescer.

A menos que você já conheça um monte de empresários de sucesso, você precisa estar em todos os eventos batendo o tambor pela sua marca. Você precisa acompanhar cada boato e cada pista.

Flexibilidade

Aceite o fato de que nem tudo sairá conforme planejado quando você iniciar uma Startup. Na verdade, muito pouco sairá conforme planejado. O que você sabe no início do processo mudará conforme você administra seu negócio e encontra novos desafios que nunca havia levado em consideração antes.

Empresas de sucesso são flexíveis e sabem que precisam mudar com base no que está à sua frente. Você precisa de um plano de negócios, mas seguir rigidamente esse plano de negócios, não importa o que aconteça, só levará ao desastre.

Um plano de negócios deve ser revisado constantemente. Se os resultados forem piores do que o esperado, você deve ter a capacidade de alterar sua estratégia de negócios e tentar algo novo.

A flexibilidade garante que seu negócio possa acompanhar o tempo, tanto no curto quanto no longo prazo.

A metodologia mencionada no começo deste artigo é conhecida no mundo das startups como customer development e foi desenvolvida pelo grande guru das startups Steve Blank no livro The 4 Steps to Epiphany (review na sessão de livros recomendados).

Escrito por Rafael Carvalho
Rafael Carvalho atua no mercado de marketing digital, educação online e infoprodutos desde 2011. Autor best-seller do livro Paixão S.A., ele também foi vencedor do prêmio Empreendedor de Sucesso, da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. → Siga-me no Instagram @eu.rafaelcarvalho. Profile

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress