Gestão

5 estratégias para trabalhar a retenção de talentos na sua empresa

Descubra o que é e como implantar a retenção de talentos na sua empresa com 5 estratégias! Confira neste artigo.

Escrito por Rafael Carvalho · 4 min leitura >
Retenção de talentos

Trabalhar a retenção de talentos em uma empresa nem sempre é uma tarefa simples. Afinal, a gestão de pessoas é uma das atividades que envolve um maior número de variáveis no gerenciamento do negócio.

Neste artigo, eu vou te explicar o que é a retenção de talentos, qual a sua relevância para uma empresa e como você pode aplicar essa estratégia.

Continue a leitura!

Por que você deve trabalhar a retenção de talentos?

Primeiramente, você entender o conceito básico do que é um “talento” e o papel da retenção de talentos numa empresa.

Veja bem, todas as pessoas (sem exceções) tem uma aptidão, um talento, uma competência que pode e deve ser explorada pela empresa.

No entanto, existem algumas situações que fazem com que essa competência não seja percebida com facilidade, como:

  • Liderança despreparada;
  • Ambiente que dificulta o desenvolvimento;
  • Alocação em um cargo que não é compatível com o perfil;
  • Falta de estímulos para o desenvolvimento do colaborador;
  • Excesso de atribuições que não possuem conexões entre si.

Quando isso ocorre, você está tomando todo o potencial do seu colaborador e, literalmente, jogando no lixo.

A retenção de talentos trabalha justamente para que todos esses potenciais sejam aproveitados e direcionados da melhor maneira, incentivando que os colaboradores escolham ficar na empresa. 

Assim, além de oferecer benefícios para a evolução do negócio, você ainda estará investindo na satisfação do seu time e percepção do próprio potencial profissional.

Dessa forma, quando você trabalha a retenção dentro da sua empresa, você consegue:

  • Melhorar o clima organizacional;
  • Manter as melhores pessoas no seu time;
  • Fortalecer o employer brand;
  • Estimular o engajamento da equipe;
  • Reduzir o turnover e, consequentemente, os custos com admissões e demissões.

Portanto, enquanto você está fortalecendo o seu time, você também está gerando mais resultados para o seu negócio.

Além disso, este processo tem uma relação direta com a qualidade do recrutamento e seleção.

Quando você contrata as pessoas ideais para cada cargo, o objetivo de reter esses talentos fica muito mais claro.

A retenção de talentos tem o objetivo de evitar demissões?

Esse é um ponto bem delicado, e eu preciso que você preste bastante atenção.

Quando falamos em retenção de talentos, estamos tratando sobre dois interesses: 

  • O da empresa, em manter os profissionais mais competentes no seu time;
  • Os interesses do colaborador, que também deve ter o objetivo de continuar no negócio.

A retenção de talentos não é uma estratégia para evitar que o número de desligamentos aumente ou diminua. O seu foco está em manter quem é bom e quem deseja evoluir com a empresa.

Assim, você deve visualizar esse processo como uma forma de estreitar os relacionamentos e incentivar o desenvolvimento das equipes.

O que faz uma pessoa pedir desligamento da empresa?

Numa relação de trabalho, o pedido de desligamento é um dos pontos mais críticos a se atingir

Dentre os principais motivos que levam um colaborador a pedir demissão, está a insatisfação, que pode surgir através de diversas formas, como:

  • Desejo de mudança;
  • Remuneração incompatível com o mercado ou com suas funções;
  • Excesso de atribuições;
  • Liderança abusiva;
  • Falta de perspectivas de crescimento na empresa;
  • Objetivos incompatíveis.

Assim, se você está percebendo que a rotatividade da empresa está elevada, os melhores talentos estão saindo e deseja implantar a retenção de talentos como estratégia de redução, o primeiro passo é entender qual o motivo dos desligamentos.

Isso pode ser feito através de alguns processos, como uma pesquisa de clima organizacional ou mesmo a implantação da entrevista de desligamento.

Esta última opção é uma das menos praticadas pelas empresas, mas que podem fornecer as melhores informações para o processo de mudanças.

Quando você busca entender, a partir da percepção do colaborador, o que está motivando a saída, você passa a escutar o outro lado da história.

Mas atenção! Este é um processo que deve ser feito com cuidado e preparação de quem estará conduzindo a entrevista.

Preferencialmente, ela deve ser feita com apenas 2 pessoas, num ambiente neutro e sem interferências externas.

5 estratégias de retenção de talentos

Agora que você já conheceu os principais direcionamentos, chegou o momento de aprender as 5 principais estratégias de retenção de talentos para implantar no seu negócio.

Desenvolva um plano de carreira

O primeiro passo para que você desenvolva uma estratégia de retenção de talentos é mostrar, de forma clara e objetiva, como os seus colaboradores podem crescer no seu negócio, até onde podem chegar e quais caminhos devem ser tomados.

Assim como o seu cliente final, a sua equipe precisa perceber os benefícios em escolher a sua empresa. 

Dessa forma, você deve apresentar as vantagens da sua empresa em comparação com as demais no mercado, e permitir que eles percebam quais as chances reais de evolução.

Estimule práticas de comunicação interna

Falhas na comunicação entre os funcionários é um problema comum nas empresas. Porém, este é o pontapé inicial para que maiores problemas acabem surgindo.

Com um processo de comunicação interna bem desenvolvido, você possibilita o melhor alinhamento e união entre as equipes, além de criar um ambiente colaborativo e com maior produtividade.

Invista em formações específicas

Se cada talento tem uma competência que deve ser trabalhada, então o investimento em treinamentos e capacitações também deve ser específico e direcionado para os colaboradores.

Não adianta oferecer treinamentos “genéricos” que todos devem fazer. Avalie quais são as necessidades de evolução da sua equipe e trabalhe em soluções individuais.

Essa avaliação deve ser feita tanto a partir da percepção dos líderes quanto do próprio colaborador. Assim, você permite que cada um participe da estruturação do plano de desenvolvimento.

Adote a cultura de feedback

Imagine trabalhar em um lugar que:

  • Você não sabe se as pessoas estão satisfeitas com as suas entregas;
  • Não te orientam sobre os pontos de melhoria;
  • As suas ideias não são consideradas;
  • Você não é valorizado.

Apesar de se tratar de problemas sérios, eles são muito frequentes nas empresas.

E se você deseja trabalhar a retenção de talentos, é preciso investir na criação da cultura do feedback contínuo. Afinal, quando o colaborador não se sente valorizado, ele vai procurar outras opções no mercado de trabalho.

Posicione o colaborador em cargos compatíveis com seu perfil

Por fim, para investir na retenção de talentos, o seu negócio deve oferecer posições que potencializem as habilidades do seu time. 

Assim, desde a contratação, você deve posicionar cada pessoa nos cargos que possuem maior alinhamento com o seu perfil técnico e comportamental.

Quando um colaborador está numa função que não é alinhada com as suas competências, ele se torna uma peça de quebra-cabeça posicionada no local errado. E por mais que você tente realizar o encaixe, isso só vai prejudicar o seu desempenho e satisfação.

Entender e aplicar o processo de retenção de talentos é essencial para a saúde e evolução do seu negócio, pois, como você já deve ter percebido, a base de todas as empresas são os seus colaboradores.

Dessa forma, saber como manter os melhores talentos vai fazer com que a sua empresa desenvolva uma vantagem competitiva de mercado!

E se você quiser saber mais sobre gestão e empreendedorismo, diariamente compartilho dicas e informações no meu Instagram, e eu tenho certeza que elas podem te ajudar a desenvolver mais e melhores estratégias.

Confira aqui!

Escrito por Rafael Carvalho
Rafael Carvalho atua no mercado de marketing digital, educação online e infoprodutos desde 2011. Autor best-seller do livro Paixão S.A., ele também foi vencedor do prêmio Empreendedor de Sucesso, da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. → Siga-me no Instagram @eu.rafaelcarvalho. Profile

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress