Empreendedorismo, Gestão, Startups

Valuation: o que é e como calcular o valor da sua empresa

Se você quer saber mais sobre valuation, o que é e como calcular o da sua empresa, este artigo vai te ajudar!

Escrito por Rafael Carvalho · 3 min leitura >
valuation o que é

Se você estivesse procurando um investidor para o seu negócio, e ele te questionasse sobre qual o valor da sua empresa, você saberia como responder? E se a sua resposta foi “não”, então você precisa entender o valuation, o que é e como o seu cálculo funciona.

Existem diversas formas de realizar essa avaliação, e neste artigo eu vou te mostrar porque você precisa saber o valuation do seu negócio digital e apresentar alguns dos modelos mais utilizados para realizar esse cálculo.

Continue a leitura.

Mas o que é valuation?

Antes de explicar o que é o valuation, é preciso definir a diferença entre o valor e o preço de um negócio.

O valor está relacionado a percepção que as partes da negociação possuem sobre uma empresa, e nem sempre as visões são analisadas da mesma forma. Por isso, é comum que o valor percebido pelas pessoas não sejam semelhantes. 

Assim, é comum que a percepção de um comprador ou investidor não seja a mesma do empreendedor. Afinal, as partes utilizam perspectivas e informações diferentes para realizar a avaliação.

Já o preço é o valor monetário final do investimento ou da venda da empresa.

Dessa forma, o valuation é a metodologia de avaliar um negócio de maneira quantitativa e específica, utilizando critérios que te ajudam a definir um valor justo para a empresa.

Essa metodologia é bastante utilizada por startups. No entanto, ela pode ser empregada em qualquer modelo de empresa.

Por isso, ao descobrir o que é o valuation e calcular o da sua empresa, é possível: 

  • Identificar os pontos fortes e fracos do empreendimento;
  • Elaborar um planejamento financeiro;
  • Obter informações para uma melhor tomada de decisão;
  • Comparar propostas de aquisição e fusão;
  • Eliminar ou diminuir o impacto de possíveis deficiências;
  • Negociar a participação societária de um possível investidor;
  • Analisar e manter um histórico sobre o comportamento do negócio em determinados períodos;
  • Servir como uma das principais bases para o processo de abertura de capital;
  • Avaliar o crescimento no longo prazo;
  • Negociar possíveis investimentos e venda do negócio.

Quais as formas de calcular o valuation de uma empresa?

Ao analisar os métodos para encontrar o valuation do seu negócio, é preciso ter em mente que cada formato possui suas vantagens e desvantagens. 

Por isso, o ideal é que fazer a utilização de mais de um método no processo de análise. Assim, é possível chegar a um resultado com maior objetividade e clareza.

A seguir, conheça os principais métodos de cálculo para o valuation.

Múltiplos de mercado

Esse modelo é um método de comparação, que utiliza uma média de preço do mercado e divide pelo valor de algum indicador financeiro da empresa como o EBITDA.

Assim, ele possui a seguinte fórmula:

Múltiplo = Valor de Mercado / Indicador Financeiro

Como você pode perceber, no método de múltiplos de mercado é feita a avaliação apenas da perspectiva presente, desconsiderando possíveis alterações futuras.

Dessa forma, o valor gerado por esse modelo possui um “prazo de validade” menor, tendo em vista que, dentro de alguns anos, os números de mercado e indicadores financeiros da empresa podem variar. 

Valor patrimonial

Assim como o método de múltiplos de mercado, este modelo apresenta a situação atual do negócio, mas também desconsidera projeções futuras.

Além disso, este apresenta um formato mais simples de calcular o valuation, considerando apenas os valores de ativos e passivos do negócio, como na fórmula abaixo:

Patrimônio líquido = Ativos – Passivos

Desse modo, esse modelo é mais utilizado quando o objetivo é realizar o encerramento das atividades do negócio, já que ele considera apenas ativos e passivos.

Fluxo de caixa descontado

Dentre os 3 modelos, este é o que possui uma maior complexidade, pois ele utiliza diversos elementos para a realização do cálculo:

  • Histórico;
  • Riscos do negócio;
  • Capacidade de geração de riquezas.

Assim, ele é usado quando a finalidade é fazer uma previsão a longo prazo do valor da empresa.

Esse cálculo é um pouco mais difícil de se apresentar. Mas, de maneira geral, ele utiliza este formato.

Primeiramente, deve ser feita a estimativa do fluxo de caixa da empresa para os próximos 5 anos, o chamado “fluxo de caixa futuro”. Assim, aqui será preciso avaliar as entradas e saídas da empresa nos últimos anos, levando em consideração o seu histórico financeiro.

Após isso, você vai precisar calcular a aplicação da taxa de desconto no fluxo dos próximos anos. Para isso, vai ser preciso considerar fatores como:

Com estas informações, você deverá dividir os valores do fluxo de caixa dos próximos anos pela taxa de desconto identificada, realizando a soma dos valores de acordo coma  quantidade de anos definidos.

É importante lembrar que, quanto maior a quantidade de anos para o fluxo de caixa projetado, maior a incerteza do valuation. Afinal, grandes projeções abordam uma quantidade maior de variáveis.

Qualquer empresa pode realizar o cálculo do valuation?

Essa é uma dúvida bastante comum para empreendedores que se deparam com o termo. E para respondê-la, é preciso levar em consideração alguns fatores, dentre eles, a idade do negócio.

Quanto mais jovem a empresa, maior a dificuldade em realizar o cálculo do valuation. Isso porque esse processo é feito com base em resultados e informações passadas. 

Assim, quanto menor o histórico, menores as chances de assertividade na mensuração.

É seguro realizar o cálculo do valuation sozinho?

Como você viu, existem várias formas de calcular o valuation, o que é um ponto positivo.

No entanto, cada um desses cálculos exige um nível de conhecimento e aprofundamento elevados. 

Dessa forma, o ideal é que esta análise seja realizada por empresas e profissionais capacitados, que possuam a experiência necessária para avaliar todos os aspectos e propor um resultado assertivo.

Assim, você evita que possíveis erros na avaliação venham a ocorrer.Neste artigo você pode entender mais sobre o valuation, o que é e como ele pode ser calculado, bem como alguns pontos de atenção para o processo.

E se você quer saber mais sobre gestão financeira, confira o meu artigo: 7 indicadores financeiros para negócios digitais.

Escrito por Rafael Carvalho
Rafael Carvalho atua no mercado de marketing digital, educação online e infoprodutos desde 2011. Autor best-seller do livro Paixão S.A., ele também foi vencedor do prêmio Empreendedor de Sucesso, da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. → Siga-me no Instagram @eu.rafaelcarvalho. Profile

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress