Carreira, Economia da paixão, Empreendedorismo, Motivação

5 dicas para descobrir o que você gosta de fazer

O que você gosta de fazer? Se não tem essa resposta em mente, leia o nosso post e conheça as dicas para descobrir...

· 3 min leitura >

Que tal ingressar na economia da paixão? Para isso, é necessário saber o que você gosta de fazer. Ou seja, deve-se identificar quais são os interesses e as habilidades que possui. Já que eles podem alavancar o início do seu negócio digital.

Lembre-se de que a passion economy está relacionada com as pessoas que fazem aquilo que amam para ganhar dinheiro. Portanto, é importante parar para pensar naquilo que você faz bem, pois isso pode te trazer autorrealização pessoal e profissional.

Diante deste contexto, não perca mais tempo! Continue a leitura e descubra como identificar o que você gosta de fazer. Vamos lá!

Quais são as 5 dicas para descobrir o que você gosta de fazer?

Quando você sabe o que gosta de fazer, fica mais fácil investir seu tempo em algo que faz sentido para a sua vida. Isso proporciona um sentimento bom de realização, pois trabalhar com aquilo que ama e, ao mesmo tempo, ganhar dinheiro é uma ótima conquista profissional.

Pensando nisso, resolvi compartilhar cinco dicas para que você consiga identificar aquilo que ama fazer e, consequentemente, possa investir nessas habilidades e interesses para construir o seu negócio digital. Acompanhe!

1. Exercite o autoconhecimento

O primeiro passo para descobrir o que você gosta de fazer é exercitar o autoconhecimento. Dessa forma, é possível identificar quais são os seus pontos fortes e fracos, bem como as suas principais habilidades e interesses.

Quando você sabe os seus pontos fortes, consegue direcionar os seus esforços para conquistar os seus objetivos de uma maneira mais eficiente. Assim, fica mais fácil transformar as suas competências em algo rentável.

Para isso, faça uma autoanálise sobre a sua vida, ou seja, pare um tempinho para pensar em tudo que já aprendeu até o momento, bem como verifique o que sabe fazer com louvor. Não se esqueça de identificar também aquilo que gosta de praticar.

Assim como peça o feedback de pessoas próximas. Dessa forma, você poderá ter um panorama mais realista das suas aptidões. Se identificar pontos fracos, não se preocupe. Existem muitas maneiras para desenvolvê-los posteriormente.

2. Faça uma lista com as suas habilidades

Após exercitar o autoconhecimento, você terá em mente quais são as suas habilidades e os seus interesses. A partir disso, pegue uma caneta e um papel para escrever cada um deles. Dessa forma, é possível visualizar com mais nitidez quais são os seus pontos fortes.

Com essas informações em mãos, fica mais fácil dizer qual delas você quer transformar em um negócio digital próspero. Por exemplo, é possível que tenha várias habilidades e interesses, mas nem todas podem ser aproveitadas. 

Então, você precisa selecionar aquelas que podem fomentar o seu empreendimento. Imagine que gosta de tocar violão e tem habilidade para ensinar as pessoas. Nesse caso, você pode virar um infoprodutor e criar um curso online para ensinar a tocar violão. 

Dessa forma, é possível juntar uma habilidade e um interesse de maneira inteligente para ganhar dinheiro na Internet. Diante disso, você estará fazendo parte da economia da paixão.

3. Experimente coisas novas

Se você fez a lista de habilidades e de interesses, mas sentiu que faltava alguma coisa. Ou, ainda, não conseguiu descobrir o que gosta de fazer. Que tal experimentar coisas novas? Dessa forma, é possível encontrar competências técnicas e comportamentais que você não sabia que tinha.

Lembre-se de que às vezes temos habilidades adormecidas, ou seja, que precisam ser exploradas para que elas possam aflorar e dar bons frutos em nossa vida. Por isso, aproveite todas as oportunidades que estiverem ao seu alcance para verificar se elas podem ser uma boa alternativa para você investir.

4. Defina qual será o seu legado

Também é importante definir qual é o legado que você quer deixar quando não estiver mais presente na vida das outras pessoas. Isso é muito importante, pois é essa definição que vai guiar as suas ações do dia a dia.

Por exemplo, se você quer ser lembrado pela sua dedicação ao outro. É necessário adotar comportamentos que expressem isso. Ou seja, deve-se ter empatia e ajudar as outras pessoas sem esperar nada em troca.

5. Invista na economia da paixão

Como mencionei no início do texto, depois que você entende o que gosta de fazer consegue investir no seu negócio digital. Imagine como deve ser prazeroso trabalhar com aquilo que você ama, não é verdade?

Então, se você tem habilidades e interesses que podem ser aproveitados em um empreendimento, não perca tempo! Invista na economia da paixão e conquiste o sucesso profissional.

Para tanto, faça o planejamento do seu negócio e coloque-o em prática. Por exemplo, se você quer investir em um curso online para ensinar a tocar violão, grave as aulas e escolha a plataforma para hospedar o seu infoproduto.

Em seguida, crie uma landing page para divulgá-lo nas redes sociais e efetuar as vendas. Dessa forma, você já começa a colocar a mão na massa e o seu negócio online começa a criar forma.

Não se preocupe em iniciar com pequenos passos, o importante é começar. Com o tempo é possível expandir o seu empreendimento. Assim, você poderá contratar uma equipe e criar outros produtos e serviços digitais para oferecer para o mercado.  

Agora que você já sabe como descobrir o que gosta de fazer, fica mais fácil direcionar a sua vida profissional. Assim como é possível investir no empreendedorismo digital e conseguir ótimos resultados.

Gostou deste texto? Então, não se esqueça de compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais para que outras pessoas interessadas neste assunto tenham acesso a ele.

Deixe seu comentário: