Startups

Acordo de sócios: como elaborar para a sua startup

Está pensando em elaborar um acordo de sócios e não sabe por onde começar? Vem que eu te explico os principais pontos...

Escrito por Rafael Carvalho · 4 min leitura >
reunião de acordo de sócios

Se você é empreendedor ou está planejando fundar uma startup em parceria com outros profissionais, saiba que uma sociedade pode ser muito positiva na hora de unir ideias, compartilhar esforços e investimentos que podem dar aquele impulso extra no negócio.

No entanto, para a dinâmica dessa relação ser saudável para todos, é necessário formalizar um acordo de sócios. Mas você sabe como elaborar um acordo de sócios para sua startup?

Neste artigo, eu apresento a importância de definir um e o momento de propor um acordo aos seus parceiros. Quer saber mais? Então, continue a leitura e confira também minhas dicas sobre as cláusulas que você não pode deixar de fora do acordo de sócios da sua startup.

Boa leitura!

O que é o acordo de sócios?

Um acordo de sócios é um documento de caráter particular que pode ser firmado livremente entre empreendedores que desejam formalizar uma sociedade.

Algumas questões mais sensíveis têm resoluções pré-definidas, evitando maiores ruídos de comunicação que possam afetar o empreendimento.

Um exemplo do que pode ser definido no acordo são as condições de entrada e saída de sócios e as responsabilidades de cada um no negócio. Ou seja, é um contrato que pressupõe uma sociedade onde há direitos e deveres celebrados entre as partes.

Um acordo de sócios pode ser flexível, o ideal para o contexto dinâmico de uma startup, ou inalterável.

Porém, mesmo no modelo flexível, é necessário o estabelecimento de requisitos previamente acordados para realização de mudanças no contrato. Isso é muito importante para dar segurança e nortear as metas a serem atingidas.

Deixa eu te explicar utilizando um exemplo.

Imagine o Fernando, ele é cofundador de uma agência digital e está com problemas na comunicação com os sócios e a empresa não está crescendo.

Fernando não tem um acordo societário formalizado e está com medo de ver seu negócio dos sonhos virar pesadelo. Ele sabe que a profissionalização da gestão é o primeiro passo para tirar sua agência da estagnação, porque do jeito que estão as coisas, sabe que pode perder dinheiro.

Se Fernando e seus sócios tivessem um acordo formalizado, teriam algumas vantagens, como:

  • Os deveres de cada um estariam claros, evitando ruídos de comunicação;
  • Questões relacionadas ao entendimento pessoal entre os sócios seriam colocadas sob privacidade, evitando que problemas de relacionamento entre eles atingissem o desempenho de outros colaboradores;
  • Os problemas estariam mitigados, já que o acordo de sócios não deixa espaços para grandes desentendimentos;
  • A existência de um acordo de sócios demonstra profissionalismo e comprometimento das partes, alinhando assim os objetivos e expectativas.

Além de evitar dores de cabeça futuras, a elaboração de um acordo de sócios pode trazer inúmeros benefícios para uma startup. Eu descrevi algumas dessas vantagens no próximo tópico, confira!

5 benefícios da elaboração de um acordo de sócios

Além da nomeação de diretores e da definição dos deveres de cada parceiro presente na sociedade, um acordo de sócios pode representar alguns benefícios de curto, médio e longo prazo para uma empresa.

Por isso, listei 5 desses benefícios e expliquei quais os impactos positivos que eles podem oferecer a sua startup a partir da celebração de um acordo de sócios. Veja:

  1. Comunicação corporativa mais eficiente: alinhar expectativas e estabelecer metas são elementos primordiais para evitar ruídos e ter uma comunicação mais eficiente dentro da empresa. As bases para uma estratégia de comunicação podem ser traçadas a partir do acordo de sócios e assim evitar informações cruzadas;
  2. Planejamento mais assertivo: com todos os sócios alinhados e em busca de um objetivo em comum, se torna muito mais simples a criação de um planejamento que possa trazer resultados de impacto para a startup;
  3. Criação de uma cultura organizacional sólida: conflitos e desafios podem acontecer no dia a dia de um negócio, mas se uma empresa tem uma cultura organizacional bem definida e parâmetros claros de comunicação, tudo tende a fluir;
  4. Otimização dos indicadores de negócio: uma empresa que sabe onde quer chegar e tem metas tangíveis traçadas, pode ter indicadores mensuráveis e assim escalar seus resultados;
  5. Transparência na política de distribuição de lucros: uma sociedade é pautada também em confiança, mas essa confiança pode sim, ser apoiada por ações. Criar processos transparentes e estabelecer padrões de compliance é uma das vantagens de ter um acordo de sócios para guiar a jornada da sua startup.

Então já deve ter ficado claro para você o quanto é importante celebrar um acordo de sócios, mas você deve estar se perguntando qual o momento ideal para propor e elaborar esse contrato, não é mesmo?

Confira o próximo tópico que eu vou te explicar o passo a passo para a elaboração de um acordo de sócios.

Quando elaborar um acordo de sociedade?

O ideal é que um acordo de sócios seja pensado antes do início da sociedade. Esse acordo é essencial para uma comunicação mais fluida entre você e seus parceiros.

Porém, muitas vezes empreendedores acabam acreditando que só os laços de amizade bastam para ter uma gestão tranquila. Esse pode ser um erro fatal para muitas startups.

Mas a celebração do acordo também pode ser realizada no momento em que as partes desejem profissionalizar a gestão da empresa.

Vamos voltar para o exemplo do Fernando. Ele gostaria de realizar mais projetos na agência, mas sente que está perdendo o controle do negócio pelos problemas de comunicação com os sócios e colaboradores.

Ao invés de abandonar a sociedade e abrir mão do negócio que sonhou, Fernando deve propor um acordo de sócios com os seus parceiros.

Mas como eles podem elaborar esse acordo? Quais os pontos que não podem ser deixados de fora?

Acompanhe o próximo tópico, nele eu vou detalhar quais as cláusulas indispensáveis em um acordo de sócios.

Principais cláusulas do acordo de sócios

Na hora de elaborar um acordo de sócios, existem algumas cláusulas que, se inclusas, tornam o contrato mais assertivo e evitam desentendimentos que podem afetar a saúde organizacional da startup.

Entre os pontos imprescindíveis para um acordo de sócios bem estruturado para esse modelo de negócio, estão:

  • Direitos dos sócios;
  • Regras para captação de recursos;
  • Critérios de avaliação de sociedade;
  • Regras de distribuição dos lucros e definição de pró-labore;
  • Regras para dissolução da sociedade.

Claro que outros pontos podem ser incluídos no acordo, tudo isso vai depender do que for acertado em conjunto.

Assim, o ideal é contar com o apoio jurídico para que as melhores soluções sejam encontradas.

Gostou deste artigo? Então saiba que você pode contar comigo nesse processo de profissionalização da gestão da sua startup. Para isso, eu preparei uma lista com mais artigos que podem lhe ajudar. Confira:

Escrito por Rafael Carvalho
Rafael Carvalho atua no mercado de marketing digital, educação online e infoprodutos desde 2011. Autor best-seller do livro Paixão S.A., ele também foi vencedor do prêmio Empreendedor de Sucesso, da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. → Siga-me no Instagram @eu.rafaelcarvalho. Profile

Deixe seu comentário:

plugins premium WordPress