Gestão, Startups

Entenda a importância de um negócio escalável

A importantância de ter um negócio escalável. A escalabilidade é a mostra de potencial que cada empresa apresenta. Ou seja, há um faturamento...

· 2 min leitura >
Entenda a importância de um negócio escalável

Ao iniciar um novo negócio são necessárias quantias generosas de coragem, paixão, criatividade e ousadia. Isso tudo sem falar na disposição para lidar com questões burocráticas e financeiras. O modelo de negócios inovador é só o começo, porque ele ainda precisa ter grande potencial de crescimento para ser considerado escalável.

Com objetivo de ajudá-lo a entender melhor sobre o assunto, preparei este post. Aqui você aprenderá sobre o conceito, aplicação e valor da escalabilidade em sua empresa. Veja!

O que é a escalabilidade?

Um modelo de negócios escalável é aquele que possui capacidade de aumentar seu faturamento. Dentro deste molde você não precisa elevar de forma equilibrada seus custos. Assim, as despesas com produção, escritório e mão-de-obra não crescem na mesma proporção das receitas.

No cenário ideal de um negócio escalável vemos as curvas de despesas e faturamento com um “descolamento” apontando receitas muito maiores do que despesas. Resumindo, o faturamento cresce em uma taxa maior do que os gastos.

Para que serve a escalabilidade?

Compreender o nível de escalabilidade do seu negócio é essencial para saber seu potencial junto ao mercado. Serve também para entender como e onde seu modelo de negócios poderia falhar. Além do mais, esse é um dos primeiros pontos vistos por um investidor anjo. Esse visionário tende a observar esse aspecto ao avaliar seu possível interesse em um novo negócio.

Como ser escalável?

Antes mesmo de buscar escalar, o seu novo negócio deve encontrar o chamado product market fit. Precisa ainda identificar uma necessidade no mercado e lançar nele um produto que venha supri-las. Apenas após este momento deve-se buscar a escalabilidade. Tentar escalar antes disso, irá resultar apenas em gastos desnecessários e em uma morte precoce do negócio.

Tendo um produto que se identifique com uma necessidade do mercado, agora você pode buscar a escalabilidade. Uma das primeiras alternativas é ampliar as fronteiras em que se encontram seus canais de vendas. Como exemplo, conseguir parcerias na América Latina e em outros continentes. Tudo isso mantendo compactos os gastos com escritório, quadro de funcionários, fornecedores, entre outros.

Você possui um negócio escalável?

A presença da escalabilidade na sua empresa garante que ela funcione enquanto se desenvolve. Significa que seu negócio pode ser expandido sem limites. Assim, podemos resumir a escalabilidade em 3 características.

1. Ser ensinável

Se o processo de produção do seu negócio for ensinável para qualquer outro funcionário, isso é um sinal de escalabilidade. Essa maleabilidade permite que o modelo de negócio se expanda conforme o planejamento da empresa.

2. Ter valia

Encontrar algo de valor que não é medido em commodities e operar com ele é uma mostra de escalabilidade. O conhecimento único, somado à falta de especializações, agrega maior valor ao produto do seu negócio por sua exclusividade.

3. É repetível

Outra prova de escalabilidade do negócio se dá quando o processo se repete e gera receita recorrente. Um modelo de produção que funciona e pode ser ampliável indica que há mercado e áreas para expansão do seu negócio.


Por fim, vale ressaltar o aumento da evidência do termo escalabilidade no mundo dos empreendimentos. Isso se deve principalmente por ser fator fundamental para o funcionamento do modelo de negócio.

Apesar de necessária, a busca por um negócio escalável não pode ser apressada. Deve-se aplicar a ela todos os cuidados empregados em outros pontos vitais para a existência do negócio.

E você, o que tem feito para tornar seu negócio escalável? Compartilhe comigo nos comentários abaixo.

Deixe seu comentário: