Empreendedorismo, Gestão

Indicadores de desempenho: como usar no seu negócio

Também conhecidos como KPI’s, os indicadores de desempenho servem para avaliar a evolução das ações e estratégias do negócio. Saiba mais com este...

· 4 min leitura >
Linha de chegada para medir o desempenho

Gerir um negócio para o alcance do sucesso não é uma missão fácil de se cumprir, principalmente se os resultados dos esforços dedicados não são acompanhados e mensurados da melhor maneira.

Assim, é fundamental definir métricas que permitam a avaliação da performance do negócio, utilizando os indicadores de desempenho para mensurar a evolução.

Neste artigo você vai poder entender o que são esses indicadores, como definir os melhores para o seu negócio e conhecer alguns exemplos dos mais utilizados.

Confira!

O que são indicadores de desempenho?

Muita gente já ouviu falar nesse termo, mas é comum que poucas pessoas saibam definir o que são os indicadores de desempenho e qual a sua real finalidade.

Os indicadores de desempenho são índices e métricas numéricos que servem para medir a evolução de um determinado fator no alcance do resultado desejado, sendo bastante conhecidos também como KPIs (Key Performance Indicators, ou Indicadores Chave de Performance).

Assim, eles servem para acompanhar o crescimento e avaliar a performance da empresa de acordo com o objetivo estipulado.

A utilização dos KPI’s na gestão de um negócio permite visualizar de forma clara como tem sido o seu desempenho e permite um maior controle sobre a sua gestão. Dessa forma, por meio deles é possível responder a várias perguntas, como:

  • Será que nós estamos crescendo?
  • Onde mais estamos evoluindo?
  • Quais são os nossos principais pontos de gap?
  • Se continuarmos nesse ritmo, até onde podemos chegar?
  • Hoje teríamos capacidade de aceitar novos projetos?
  • O que precisamos mudar para crescer ainda mais?

Além disso, eles apresentam inúmeros benefícios:

  • Monitoram o desenvolvimento das atividades;
  • Facilitam o alinhamento entre os times de um negócio;
  • Possibilitam a criação metas e planos de mudança;
  • Promovem a produtividade e direcionamento de esforços com assertividade;
  • Servem para avaliar o crescimento do negócio ao longo dos anos;
  • São as principais informações para a toma de decisão;
  • Melhoram a eficiência e eficácia dos processos.

No entanto, para que você possa utilizar essa ferramenta da melhor maneira, é preciso entender algumas diferenciações e como ela deve ser aplicada.

Mas qual a diferença entre o OKR e o KPI?

Uma dúvida muito comum entre empreendedores é saber como diferenciar os OKR’s e os KPI’s. E para te ajudar a entender melhor como esses dois tipos de indicadores funcionam, vamos relembrar o conceito de OKR.

Os OKR’s (Objectives and Key Results) são uma metodologia de gestão de indicadores que ficou famosa após a sua aplicação na Google, possuindo 2 características: uma descrição qualitativa e uma mensuração quantitativa.

Dessa forma, o OKR serve para definir um resultado a ser atingido, conectando a estratégia com a operação do negócio

Já os KPI’s são os indicadores que servem para avaliar e mensurar o nível de desenvolvimento das ações na busca pelo resultado definido.

Dessa maneira, você pode entender que os OKR’s são os principais direcionamentos de onde o seu negócio vai chegar, e os KPI’s servem para mensurar o desempenho das ações e atividades na busca por esses resultados.

Enquanto os OKR’s tratam sobre o futuro, aquilo que se deseja alcançar, e os KPI’s mapeiam o passado, mensurando os esforços dedicados para o alcance do objetivo final.

Para deixar mais simples, vamos utilizar um exemplo com o Fernando.

O Fernando desenvolveu um curso voltado para o gerenciamento das principais bases de um agronegócio, e agora ele percebeu que o conteúdo precisa ser atualizado e complementado com novos módulos. 

Assim, até o final do ano ele deseja realizar um novo lançamento (o objetivo estratégico).

Para isso, ele vai precisar aumentar a taxa de conversões do funil de vendas de 3% para 5% (o OKR). E para mensurar esse resultado, ele vai utilizar alguns indicadores, como a geração de leads no site (o KPI).

Dessa forma, os OKR’s servem para definir o alcance dos objetivos da estratégia, e os KPI’s estão inseridos dentro desses indicadores para mensurar a eficácia dos esforços na busca pelo resultado.

Descubra como definir um bom indicador de desempenho para o seu negócio

Agora que você já sabe para que servem os indicadores de desempenho, é preciso entender como selecionar os melhores para o seu negócio.

No processo de definição de KPI’s, é comum que os empreendedores cometam alguns erros, como:

  • Acreditar que precisa mensurar de tudo;
  • Focar nas tarefas e não no resultado;
  • Optar por métricas de vaidade;
  • Não compartilhar os indicadores e resultados com a equipe.

Dessa forma, existem algumas características que podem te ajudar a escolher um bom KPI para o seu negócio.

Disponibilidade para mensuração 

Antes de definir o que você vai acompanhar, primeiro é preciso analisar se você possui as informações necessárias para a mensuração. 

Assim, se o é objetivo de realizar o lançamento de um produto, e será necessário acompanhar o número de leads, primeiro você precisa possuir os leads na sua base. 

Importância do KPI para o negócio

Por mais que um KPI seja bastante utilizado por vários negócios, você precisa entender se ele é importante para o seu tipo de negócio.

Por exemplo, se uma empresa mensura a quantidade de erros operacionais, é porque aquilo é importante para a atividade do negócio, mas pode não ser relevante para o seu.

Periodicidade de acompanhamento

A finalidade do indicador de desempenho é mensurar a evolução de um determinado objetivo, e para isso, ele precisa ser acompanhado periodicamente.

Assim, é comum que as empresas determinem o acompanhamento mensal de um determinado KPI, mas, como citado acima, é preciso entender como esse indicador irá funcionar para o seu negócio e qual a melhor maneira de mensurá-lo.

4 exemplos indicadores de desempenho para negócios digitais

A seguir, eu listei alguns exemplos de indicadores de desempenho mais comuns para a estratégia de negócios digitais.

CPL

O indicador de CPL (Custo Por Lead) tem a finalidade de calcular o custo dos leads gerados por meio do tráfego pago, servindo para avaliar se as estratégias de aquisição estão gerando os resultados esperados.

Esse KPI é calculado através da fórmula:

CPL = valor investido na geração de leads / número de leads gerados

Taxa de conversão

A taxa de conversão é utilizada para calcular quantas pessoas passaram por uma determinada etapa do funil de vendas para a próxima, com a fórmula de:

Taxa de conversão = (conversões no período / total de leads) * 100

Lucratividade

Relacionado à gestão financeira, o indicador de lucratividade representa a eficiência operacional do negócio, sendo calculado pela fórmula abaixo:

Lucratividade = ( lucro líquido / receita líquida ) * 100

Turnover

Além dos indicadores financeiros e comerciais, é preciso analisar a saúde e satisfação dos principais motores do negócio: as pessoas.

Assim, um dos principais indicadores a serem analisados é o turnover, que representa a taxa de rotatividade dos colaboradores na empresa, calculado pela fórmula:

Turnover = [(nº de admissões + nº de demissões) / 2] / nº de colaboradores

A utilização de indicadores de desempenho está diretamente associada a estratégia de uma empresa. Por isso, eles são fundamentais para o sucesso do seu negócio.

E se você quer saber mais sobre as melhores estratégias para negócios digitais, não pode deixar de conferir o artigo completo que eu preparei sobre o que é e como fazer um planejamento estratégico.

Deixe seu comentário: